Comissão do Senado constata violação da lei em prisão de Lula
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 27/04/18

Comissão do Senado constata violação da lei em prisão de Lula

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) aprovou, nessa quarta-feira (25), relatório do senador João Capiberibe (PSB-AP) sobre a diligência para verificar as condições de confinamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Curitiba. A senadora Regina Sousa (PT-PI), presidenta da Comissão, dirigiu os trabalhos da delegação.

No texto, Capiberibe afirma que os parlamentares que participaram da diligência constataram “explícita violação” da Lei de Execução Penal (Lei 7.210/1984) no que tange ao direito de o cidadão em confinamento ter acesso a visita de cônjuge, companheira, parentes e amigos em dias determinados.

“A violação a esse direito tem prejudicado o ex-presidente que se encontra em estado de solidão diante da impossibilidade de receber seus amigos”, relata o senador João Capiberibe.

Aprovado o relatório, a CDH vai encaminhar ofício ao Departamento de Polícia Federal solicitando a ampliação do número de visitantes permitidos e mais dias para visitas.

“Não faz nenhum sentido vetar a visita de um Prêmio Nobel da Paz da estatura de Adolfo Esquivel ou de uma ex-presidenta. Isso deixa o Brasil diminuído perante a opinião pública mundial”, disse a senadora Regina.

O colegiado também comunicará o Ministério Público para que tome às providências cabíveis diante do descumprimento da Lei de Execução Penal.

Fonte: Cidade Verde | Foto: Philipe Nagô/Ascom Regina

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Deputado quer criar programa estadual no lugar do Mais Médicos

O Piauí pode entrar para a lista de estados brasileiros que adotaram soluções caseiras para o problema causado com a falta dos médicos do Programa Mais Médicos do Governo Federal.

POLÍTICA

Wilson Martins diz que Lula não vai conseguir se candidatar

“Acho que ele será atingido pela Lei da Ficha Limpa e dificilmente conseguirá registrar a candidatura a presidente em 2018”, analisou o ex-governador. O ex-governador do Piauí, Wilson Nunes Martins

POLÍTICA

Mourão defende 35 anos de contribuição para previdência de militares

O presidente em exercício Hamilton Mourão defendeu nesta segunda-feira (21) duas mudanças que têm sido discutidas pela equipe econômica nas regras de aposentadoria de militares. Ele avaliou como benéfico o