Elmano marca conversa com Dr. Pessoa após proposta do MDB
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 18/07/18

Elmano marca conversa com Dr. Pessoa após proposta do MDB

A possibilidade do MDB sair da base aliada do governo Wellington Dias  (PT) também afeta a oposição.  O pré-candidato a governador, senador Elmano Ferrer  (Podemos), afirma que irá  se reunir com o deputado Dr. Pessoa para discutir essa possibilidade de mudança.

Na manhã de ontem, Dr. Pessoa conversou com o  presidente da Assembléia Legislativa do Piauí, deputado Themistocles Filho  (MDB). A pauta do encontro foi a possibilidade de um acordo entre os dois, caso o MDB saia da base.

Elmano não quer ser prejudicado caso esse acordo se consolide. “Eu vou conversar com o Dr. Pessoa. Era para ter sido ontem, mas não foi possível. Só posso garantir que a minha candidatura está mantida em qualquer situação”, reforçou.

Elmano afirma que não foi procurado por Themistocles. Ele diz eta aberto a um diálogo com o MDB.

“Estamos abertos. Não descartamos nenhuma possibilidade. Vou conversar com o Pessoa. Mas é preciso esperar uma definição. Agora que o jogo começou ‘, afirmou.

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Em reunião com a bancada, Wellington Dias pede ajuda para Anvisa validar vacinas

O governador Wellington Dias (PT) e o prefeito Dr. Pessoa (MDB) participou de uma reunião com a bancada federal do Piauí nesta segunda-feira(22). O governador pediu ajuda da bancada para

POLÍTICA

Teresa Britto propõe a criação de Programa de Estágio para alunos da Uespi

Três Projetos de Lei e um Projeto de Decreto Legislativo foram apresentados pelos parlamentares estaduais na sessão plenária de hoje (3), incluindo proposição de autoria da deputada Teresa Britto (PV),

POLÍTICA

Prefeita de São Raimundo Nonato aciona a Justiça Eleitoral após ‘cadela’ ser batizada com seu nome; entenda

O juiz Carlos Alberto Bezerra Chagas, da 13ª Zona Eleitoral de São Raimundo Nonato, negou pedido de liminar em representação ajuizada pela prefeita Carmelita Castro (Progressistas), por suposta propaganda eleitoral