Prefeito publica decreto que exonera 2.100 comissionados
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 31/12/20

Prefeito publica decreto que exonera 2.100 comissionados

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, assinou decreto que exonera todos os ocupantes de cargos em comissão e funções gratificadas da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo do Município. O decreto é do dia 28 de dezembro, mas passa a valer a partir desta quinta-feira (31), data de publicação no Diário Oficial do Município. O decreto atinge mais de 2.100 servidores comissionados. 

De acordo com o decreto, ficam exonerados “todos os ocupantes de cargos em comissão e funções gratificadas da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo do Município de Teresina”.

Com a exoneração dos comissionados, fica a cargo da gestão do prefeito eleito, Dr. Pessoa (MDB), realizar as nomeações para preenchimento dos cargos. O ato de exoneração de comissionados pela administração que se encerra é um procedimento tradicional para deixar os cargos livres para o novo gestor.

Lídia Brito
Cidadeverde.com

sobre o autor

Josely Carvalho
Josely Carvalho 11501 posts

Jornalista e Relações Públicas, formada pela Universidade Estadual do Piauí.

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Secretário admite dívida milionária e vê regionalização da saúde como solução

O secretário estadual da Saúde, Francisco Costa, admitiu no Jornal Cidade Verde desta sexta-feira (6) que a dívida da pasta é muito maior do que se especula e apontou a

POLÍTICA

Piauí recorrerá da decisão do TSE que reduz número de deputados

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nessa terça-feira (27) derrubar decreto legislativo promulgado pelo Congresso Nacional, em 2013, e ratificou resolução da própria Corte que alterou a quantidade

POLÍTICA

Em 100 dias, Bolsonaro faz balanço de metas cumpridas e em andamento

O presidente Jair Bolsonaro comanda nesta quinta-feira (11), no Palácio do Planalto, uma solenidade para marcar os 100 primeiros dias de governo. O evento contará com a presença de ministros,