Prefeitura de Picos nega redução das vagas de concurso
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 23/01/16

Prefeitura de Picos nega redução das vagas de concurso

A Prefeitura de Picos enviou, na manhã deste sábado, nota sobre matéria que trata lançamento de um novo e da redução de 71 vagas do concurso público do município. Na nota, a prefeitura afirmou que não houve redução no número de vagas do certame.

A nota ainda informa que o edital aberto se refere a licitação para escolha da empresa que irá realizar o concurso público e que o número de vagas contido nele é apenas uma estimativa para que as empresas concorrentes apresentem as propostas.

A concorrência deverá acontecer no dia 11 de fevereiro, as 8h, na sede do governo Municipal de Picos, o Palácio Coelho Rodrigues.

Confira a nota na íntegra

Em relação a matéria veiculada sobre redução no número de vagas ofertadas pelo concurso público da Prefeitura Municipal de Picos-PI, a Prefeitura esclarece, em primeiro lugar, que não houve mudança na quantidade de vagas do certame. A informação que fala em 71 vagas a menos é inverídica, o concurso oferecerá as 574 vagas, conforme o edital anterior.  Em segundo lugar, a gestão municipal informa que seria um desrespeito com os concorrentes, além de caber ação civil pública por parte dos prejudicados, inclusive com extinção de cargos como foi noticiado. E por fim esclarece que, o edital em aberto é referente a licitação para escolha da empresa que realizará o certame e que o número contido nele é uma estimativa para as concorrentes apresentarem suas propostas. Concorrência essa que acontecerá na quinta-feira, 11 de fevereiro, às 08h, no Palácio Coelho Rodrigues. Portanto, não há contradição nas informações repassadas pelo procurador geral do município, José Antônio Monteiro Neto.

 

GP1

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA 0 Comments

Adolescente é assassinado na porta de casa na cidade de Picos

Na madrugada desta sexta-feira (26), o adolescente Francisco Lázaro Pereira dos Santos, de 16 anos, foi assassinado a facadas e tiros na rua Nova Descoberta, no Centro da cidade de

POLÍTICA

Temer deve sancionar reajuste de 16,38% para Supremo

O presidente Michel Temer (MDB) deve sancionar até quarta-feira (28) o projeto de lei que reajusta em 16,38% o salário dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Em conversas reservadas,

POLÍTICA 0 Comments

TSE começa a julgar ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a julgar, às 9h, a ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições presidenciais de 2014. O julgamento