Procedimento apura propaganda irregular de prefeito que disputa reeleição em Dom Expedito Lopes
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 29/10/20

Procedimento apura propaganda irregular de prefeito que disputa reeleição em Dom Expedito Lopes

O Ministério Público Eleitoral, através  da 62ª Zona Eleitoral, na cidade de Picos, instaurou procedimento administrativo eleitoral para averiguar a realização de propaganda eleitoral irregular pelo atual prefeito e candidato à reeleição no município de Dom Expedito Lopes.

O promotor eleitoral Maurício Verdejo G. Júnior levou em consideração notícia encaminhada por meio do endereço eletrônico da sede das Promotorias de Justiça de Picos, dando conta de que Valmir Barbosa (Republicanos) estaria realizando propaganda eleitoral irregular em ofensa ao disposto em resolução Tribunal Superior Eleitoral.

Prefeito de Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa
Prefeito de Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa    Reprodução Riachãonet

A referida notícia foi amparada por documentos anexos, os quais sugerem que Valmir está se utilizando da propaganda eleitoral irregular durante a sua campanha.

 

Fonte: 180Graus

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Veja números da pesquisa Ibope para presidente por religião, renda, escolaridade, idade e região

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (3) aponta Dilma Rousseff (PT) com 37% das intenções de voto e Marina Silva (PSB) com 33% na corrida para a Presidência da República. O

POLÍTICA 0 Comments

Filho de vereador mais votado de Francisco Macedo confirma pré-candidatura a vaga na Câmara Municipal

O Jovem Francisco Lazaro Ribeiro Carvalho, 24 anos, filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), formado em Agronomia e com Especialização em segurança do Trabalho, conversou com a reportagem

POLÍTICA

Fábio Abreu não descarta o Senado, mas diz priorizar a reeleição na Câmara

As discussões sobre a composição da chapa de reeleição do governador Wellington Dias (PT) podem sofrer mais uma reviravolta. O nome do deputado federal Fábio Abreu (PR) passou a ser