Robert diz que vai advogar de graça contra o governo em março
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 19/12/18

Robert diz que vai advogar de graça contra o governo em março

Se despedindo da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) esta semana, o deputado estadual Robert Rios (Democratas) revelou nesta quarta-feira (19) que não vai deixar o cenário político. O ex-candidato ao Senado nas últimas eleições disse que vai abrir um escritório para advogar de graça contra o governo estadual.

“Robert Rios é igual a goteira, quanto mais você afasta, mas ela vem. Vão me aguentar o tempo todo. Sou advogado e, a partir de março, quem tiver causa contra o governo Wellington Dias pode me procurar que não paga nada”, disse em entrevista à TV Cidade Verde.

Robert disse que só em Teresina teve mais de 100 mil votos na última eleição sem apoio e, por isso, não pode deixar a política.”Eu tive 250 mil votos, tive 110 mil votos só em Teresina. Você não viu um vereador me apoiando, o prefeito, você sairia?”, questionou.

O parlamentar encerra o mandato afirmando que cumpriu seu papel. “Fiz a minha parte na Assembleia. Eu fui eleito pela oposição e cumpri o destino que o povo apontou. Hoje eu recebo a alforria e agora vou cuidar da minha vida”, disse.

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Governo veta revisão de dívidas previdenciárias de prefeituras

A lei que criou o parcelamento de dívidas previdenciárias de estados e municípios com a União foi publicada na edição de hoje (3) do Diário Oficial da União, com dois vetos. O

Picos

Procurador Eleitoral emite parecer favorável à cassação do prefeito Padre Walmir pelo TRE

O Procurador Regional Eleitoral do Piauí, Patrício Noé Fonseca, emitiu no último dia 15 de novembro parecer favorável à manutenção da sentença que cassou os mandatos do prefeito de Picos,

POLÍTICA

Ex-senador Delcídio do Amaral será testemunha de acusação contra Lula nesta segunda-feira

O ex-senador Delcídio do Amaral deve ser ouvido pelo juiz federal Sérgio Moro na tarde desta segunda-feira (22). O político, que foi eleito pelo Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso