Wilson ignora ataque de Ciro e diz que seu time está em ascensão
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 29/07/14

Wilson ignora ataque de Ciro e diz que seu time está em ascensão

O candidato a senador Wilson Martins está se reunindo nesta terça-feira (29) com lideranças do PSB e do PMDB em um buffet no bairro Ilhotas. O ex-governador afirmou que não ia responder as críticas feitas pelo senador Ciro Nogueira de que ele teria usado o cargo em benefício próprio.

“Não falo sobre este assunto”, limitou-se a dizer.

Campanha
Wilson afirmou que o PSDB e o PMDB precisam aumentar as forças na campanha pró Zé Filho. “Temos uma chapa proporcional que é o dobro da oposição e com a ajuda de todos é possível eleger Zé Filho”, acredita.

O ex-governador diz ainda que durante as viagens percebe que Zé Filho tem um carisma muito alto. “O nosso time está em ascensão enquanto o time da oposição está descendente”, alfineta.

Wilson afirmou ainda que toda vez que as forças do litoral se juntam com Teresina, o candidato ganha a eleição, e este ano, força do sertão, representada por ele se une ao grupo, segundo ele. “Não há fórmula mágica que faça o Zé Filho não ser reeleito. As pesquisas mostram isso: o candidato das oposição começou com 65% dos votos e está caindo de forma sistemática. Zé Filho está crescendo. É só ter paciência e trabalhar. A campanha está só começando”, finalizou.

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Governo tem falhado na comunicação, diz Mourão sobre bloqueio de verbas

O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, considera que o governo tem “falhado na comunicação” e precisa explicar melhor o contingenciamento na área da educação. Para ele, a ida

POLÍTICA

Júlio Arcoverde diz que PP vai reagir se houver retaliação a Ciro

O deputado Júlio Arcoverde (Progressistas) afirmou nesta quarta-feira (01) que se os membros do Partido dos Trabalhadores não apoiarem a candidatura de Ciro Nogueira, e apenas a de Marcelo Castro

POLÍTICA

Municípios correm contra o tempo para aprovar reforma da Previdência

Depois do governo do estado, é a vez dos municípios piauienses correrem contra o tempo para aprovar em suas câmaras municipais às adequações às novas regras previdenciárias, promulgadas recentemente pelo Congresso