PADRE MARCOS | Campanha Setembro Amarelo realiza semana de atividades pela valorização da vida
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 02/10/17

PADRE MARCOS | Campanha Setembro Amarelo realiza semana de atividades pela valorização da vida

A Prefeitura Municipal de Padre Marcos promoveu uma semana de atividades pela valorização da vida.  As ações aconteceram  em alusão ao Setembro Amarelo, mês de campanha do combate ao  suicídio.

As atividades do Setembro Amarelo em Padre Marcos, que aconteceram de 25 a 29,  foram  articulada pelas Secretarias Municipais de Assistência Social,  de Saúde e  de Educação, com  a participação de toda a equipe do Núcleo de Apoio a Saúde da Família-NASF, do Centro de Referência  da Assistência Social-CRAS  e a  equipe da Estratégia de Saúde da Família-ESF.

Durante a semana várias ações foram realizadas, com o  objetivo de  levar a informação para as pessoas sobre as formas de prevenção ao suicídio,  sobre os fatores de risco,  disseminando essa informação para  mostrar  as pessoas que falar é a melhor solução.

As atividades envolveram as  escolas da rede municipal e da rede estadual tanto da zona urbana como  rural. Foram  realizados  oficinas com as crianças,  adolescentes e os idosos  do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos,  e com  os profissionais de saúde.

Outra ação realizada foram as palestras, feitas nas escolas estaduais Constâncio Carvalho e Francisco Luiz de Macedo, e Nas escolas  municipais,  Cândida Macedo e   Davi Severiano. As palestras foram ministradas pelas assistentes sociais,  Alecsandra Modesto e Elcivânia Araújo e  pelo psicólogo Elias da Silva Júnior e pela enfermeira, Itamara Dantas.

De forma dinâmica e esclarecedora, as palestras abordaram a  importância de conversar sobre o suicídio para proteger  vidas,   os mitos sobre o suicídio e chamou a atenção para o comportamento do suicida e o que pode se feito para evitar o suicídio, destacando a importância de ações como o “Setembro Amarelo”, que trabalha a  conscientização e faz um  alerta sobre a problema.

“Durantes as atividades desenvolvidas percebemos que as pessoas tinha muita resistência em falar sobre o assunto,  muitas dúvidas e  estereótipos, mais a partir do momento que foi realizada as ações educativas,  por meio das  palestras e oficinas muitas questões e  estigmas foram rompidos. Portanto   acredito  que conseguimos alcançar nosso objetivo, porque o público alvo trabalhado  nos deu um retorno bem positivo,  onde se  envolveram no assunto e afinal de cada palestra  sempre havia debates com muitos  questionamentos, o que tornou as atividades bem  ricas e proveitosas”, disse uma das psicólogas.

Participaram dos eventos, as secretárias de Assistência Social Lucicleide Dias e de Saúde, Maria Lúcia Silva, e a coordenadora do CRAS, Adriana Carvalho.

Veja fotos:

 

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

TJ apura indícios de falhas cometidas por três juízes no Piauí

O Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, decidiu, por unanimidade, durante sessão administrativa ordinária realizada na semana passada, pela abertura de Processos Administrativos Disciplinares contra três magistrados.

MUNICÍPIOS

Polícia recupera mais de R$ 100 mil do Banco do Brasil de Inhuma

O coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), delegado Willame Moraes, deu detalhes da operação realizada em Teresina na madrugada desta quinta-feira (22), que resultou na morte de José Adeílson

NOTÍCIA DESTAQUE

Anatel começa domingo processo de bloqueios de celulares irregulares

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que começa a partir de domingo (23), em dez estados, o processo de bloqueio de celulares irregulares, aparelhos adulterados, roubados, extraviados e não