120 mil famílias ficam  sem Seguro-Safra no Piauí
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 03/11/16
Comments 0

120 mil famílias ficam sem Seguro-Safra no Piauí

Segundo o deputado estadual Rubem Martins (PSB) mais de 70 municípios e o Governo do Estado estão inadimplentes com o seguro safra, programa do Ministério do Desenvolvimento Agrário voltado para agricultores que perderam a safra agrícola. Ele cobra o pagamento para beneficiar mais de 120 mil famílias que estão sofrendo com os efeitos da seca. O governo informou que vai efetuar o pagamento das parcelas em atraso.

O programa é formado por um fundo onde o agricultor paga a taxa anual de R$ 14,90, o município contribui com R$ 44,65, o Governo do Estado paga R$ 89,25 e a União participa com R$ 297,50, anualmente, por cada agricultor que adere ao programa. O agricultor recebe do benefício R$ 850, divididos em cinco parcelas.

O programa é um benefício que visa garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de municípios sujeitos a perda de produção em razão de fenômenos naturais como a estiagem, o excesso ou irregularidade das chuvas.

O deputado Rubem Martins cobrou que o governo pague as cotas do Seguro Garantia Safra, que estão sob a responsabilidade do Estado. Segundo Rubem Martins são mais de 120 mil famílias de agricultores que estão sendo prejudicadas e passando fome, em razão de mais uma seca prolongada.

“Vamos pagar agora as parcelas. Mas a maioria do problema fica por conta da omissão dos prefeitos, que não repassam suas cotas”, comentou o líder do Governo na Assembleia, deputado João de Deus Sousa (PT).

A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) informou que pelo menos 73 cidades não pagaram a cota de R$ 44,64 por trabalhador para complementar o Seguro Safra:

Fonte: Diário do Povo

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Empresário é encontrado morto dentro do próprio motel em Teresina

Um empresário identificado como Joaquim Bandeira da Silva Filho foi encontrado morto, com as mãos amarradas, dentro de um quarto de motel na Vila Bandeirante, na zona leste de Teresina.

NOTÍCIA DESTAQUE

Chuvas em Picos devem continuar por mais cinco dias

Desde o dia 02 de dezembro, os picoenses estão convivendo com temperaturas mais amenas e muita chuva que provocou alagamentos e desmoronamentos de terra em vários pontos da cidade. No