Secretaria de Belém promove capacitação para profissionais sobre Atenção Primária à Saúde
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 14/05/19

Secretaria de Belém promove capacitação para profissionais sobre Atenção Primária à Saúde

“Planejamento e Processo de Trabalho na Atenção Primária à Saúde”, foi tema da  capacitação realizada na manhã  desta terça-feira, 14, pela Secretaria de Saúde de Belém do Piauí para os profissionais de nível superior  da pasta.

A capacitação  é parte das ações do Programa de fortalecimento das práticas de Educação Permanente em Saúde no SUS (PRO-EPS-SUS), onde são realizadas oficinas  com temas afim  para  melhorar  o atendimento aos usuários de saúde.

A oficina foi ministrada pela enfermeira, Cynthia Ribeiro, especialista em saúde família,  que discorreu sobre o  ‘Planejamento em saúde nas ferramentas para o aperfeiçoamento dos processos de trabalho na atenção primária á saúde’.

Segundo Cynthia,  é importante analisar a gestão em saúde, detectar  quais são as necessidades do usuário e  planejar novas estratégias  para  realizar um atendimento que não seja rotineiro. “Tem que analisar o processo de trabalho, é importante atender, mas, também é preciso parar e perceber  como seu serviço está sendo feito, desenvolver suas potencialidades enquanto profissional e fazer um planejamento criando  estratégias para prestar uma assistência maior ao usuário  e uma saúde com mais qualidade” afirmou.

A enfermeira ainda frisou que a educação permanente pode modificar o cenário de saúde. “Acredito 100% na educação permanente, ela pode mudar o cenário da saúde, por trazer ao profissional a oportunidade analisar e se avaliar para melhorar seu processo de trabalho, além  de  permiti-lhe  adquirir mais conhecimento, proporcionando um atendimento melhor a população”, finalizou.

Essa é a terceira capacitação do Programa de fortalecimento das práticas de Educação Permanente em Saúde no SUS, que acontece no município para qualificar os profissionais.

Para o secretário de Saúde de Belém, Juscenildo Boeiro, as oficinas de qualificação, de educação em saúde contribui para que o profissional de saúde enxergue novas possibilidades. “Certamente, a educação permanente faz com que haja um momento de reflexão de novas possibilidades, para assim fortalecer e construir um processo de trabalho que seja eficiente e  único em todas unidades  de saúde”, disse.

 

 

Veja fotos:

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Botijão de gás de cozinha estará mais caro na segunda

A partir da próxima segunda-feira (1o), o gás de cozinha em todo o Estado do Piauí terá um novo preço para o consumidor final.  O reajuste, segundo  sindicato dos revendedores

GERAL

Motociclistas com IPVA atrasados já podem aderir a programa de desconto; veja como

A situação de mais de 300 mil motocicletas que circulam irregularmente no Estado vai poder ser resolvida com adesão ao programa Fique Legal de Moto. A adesão já está disponível pela internet,

Piauiense vai parar no hospital após prender zíper no olho ‘por acidente’

Uma mulher que não teve o nome revelado deu entrada na noite do ultimo domingo (27/06) no hospital Nossa Senhora do Livramento, em José de Freitas, com um zíper preso