“Ameaça é o primeiro sinal do feminicídio”, alerta delegada para vítimas de agressão
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 13/06/18

“Ameaça é o primeiro sinal do feminicídio”, alerta delegada para vítimas de agressão

Nas últimas semanas o aumento de denúncias nos casos de violência contra a mulher tem preocupado as autoridades. A Delegacia da Mulher de Teresina tem recebido uma média diária de pelo menos 20 casos de agressão, seja ela física ou psicológica.

Segundo a delegada Wilma Alves, as mulheres que sofrem ameaças devem procurar imediatamente a delegacia, a fim de evitar o avanço da violência o que tem gerado casos de feminicídio e dar urgência nas medidas de proteção à mulher.

“Esses casos as pessoas lá fora acham que ameaça não é nada, mas a ameaça é o primeiro sinal do feminicídio. Como já aconteceram 11 casos de mulheres mortas em Teresina com requintes de perversidade e crueldade, nós temos que trabalhar com nossas ferramentas é urgente”, diz Wilma.

Ainda segundo a delegada, após a repercussão dos recentes casos de feminicídio em Teresina, as denúncias aumentaram substancialmente.

“Desde a semana passada que estamos achando o número de denúncias maior. A questão do estupro e a questão da violência física doméstica. Tivemos hoje aqui o caso de uma jovem e de mais 5 mulheres, inclusive uma senhora de 58 anos que está apavorada, pedindo ajuda, porque o ex-companheiro disse que vai queimar a casa”, relatou a delegada.

Outro fato que tem preocupado a polícia é a frequência de casos de estupro, até mesmo de mulheres maiores de idade, e de violência psicólogica. Segundo a delegada, em muitos casos os estupros acontecem por parte dos ‘ficantes’, que não respeitam a vontade das vítimas.

“Vamos dar um basta nessa situação do machismo, do preconceito, do machista achar que a mulher é sua propriedade, porque quando ele diz que a mulher é minha, não é de ninguém, ele tá dizendo que a mulher é coisa”, comenta.

Últimos casos

Recentemente o Núcleo Central de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Segurança do Estado publicou os números referentes aos casos de feminicídio no estado nos últimos 3 anos. Os números mostram que em 2015, foram seis casos de feminicídio em Teresina e 20 no interior. Em 2016, foram quatro na capital e 20 no interior. Em 2017, seis na capital e 17 no interior, e em 2018, seis feminicídios até junho em Teresina e 4 no interior. A pesquisa foi atualizada até o final de maio.

Fonte: Cidade Verde | Foto: Rodrigo Antunes

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Queimadas destroem plantações e prefeita decreta emergência em cidade do Piauí

A quantidade de queimadas na zona rural de Colônia do Piauí, 338 quilômetros ao Sul de Teresina (PI), fez a prefeita Lúcia Moura (PP) decretar situação de emergência no município

Francisco Macêdo

Prefeito recebe, equipa e coloca mais um veículo a serviço da população de Francisco Macedo

Desde que assumiu o seu mandato como prefeito do pequeno município de Francisco Macedo, Nonato Alencar (PSB) tem buscado importantes investimentos e benfeitorias para a população. Um destes investimentos é

NOTÍCIA DESTAQUE

Detentos fazem nova rebelião e tomam teto de presídio no Piauí

Detentos se rebelaram novamente e tomaram a Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo, no município de Esperantina, Norte do Piauí, nesta sexta-feira (6), segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sinpoljuspi). A informação

NOTÍCIA DESTAQUE

Audiência pública discute denúncias de maus-tratos em vaquejadas no Piauí

Uma audiência pública na Câmara Municipal de Teresina nesta terça-feira (10) discutiu denúncias de maus-tratos contra os animais durante as vaquejadas no Piauí. Em protesto, os defensores da prática realizaram

NOTÍCIA DESTAQUE

Senadora destina R$ 20 milhões para barragem de Pedra Redonda, em Conceição do Canindé

A senadora Regina Sousa (PT) destinou emenda de bancada no valor de R$ 20 milhões para construção do sistema adutor de Pedra Redonda, via Companhia de Desenvolvimento dos Vales do

NOTÍCIA DESTAQUE

Escola é arrombada pela terceira vez em menos de 15 dias em Picos

A unidade escolar Desembargador Vidal de Freitas no município de Picos, Sul do Piauí, foi arrombada pela terceira vez em 15 dias na noite dessa segunda-feira (8). De acordo com