Prefeitura de Bocaina anuncia atrações da festa mais alegre do Brasil, o Carnaval. Confira!
Publicado por: Willians Sousa | Data: 09/02/19

Prefeitura de Bocaina anuncia atrações da festa mais alegre do Brasil, o Carnaval. Confira!

A Prefeitura Municipal de Bocaina, na administração do prefeito, Erivelto de Sá Barros, anunciou as atrações musicais para o Carnaval da Barragem de Bocaina 2019. A confirmação foi divulgada no início da tarde deste sábado (09).

O evento é promovido pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Cultura com apoio do deputado estadual Pablo Santos.

Dos quatro dias da tradicional festa de carnaval, a Barragem de Bocaina terá dois dias de muita animação. No domingo, dia 03 de março, sobem no palco para animar os foliões, a cantora Gil Mendes, Orquestra os Amigos do Frevo e o cantor Edy Sacana.

Na terça-feira, dia 05 de março, último dia de festa carnavalesca, a animação fica por conta de Oz Bambaz e a banda Forró da Monarquia.

O Carnaval da Barragem de Bocaina já é tradição no calendário cultural do município. Neste ano de 2019 será a décima quinta edição do tradicional carnaval de Bocaina.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

‘Acabou com minha família’,diz mãe de crianças mortas pelo namorado

A mulher identificada como Joelma Pinto da Costa, mãe das duas crianças que foram assassinadas por Danilo Veras Santos no último dia 13 de outubro, na cidade de Brejo do Piauí, concedeu uma entrevista exclusiva para o

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Tropas da PM começam ser enviadas para as eleições no interior do Piauí

A Polícia Militar do Piauí começou a enviar tropas para reforçar a segurança durante as eleições nas cidades do interior do estado. De acordo com o subcomandante da corporação no

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Prefeitos vão à Brasília hoje pedir ajuda ao Governo Federal

Dezenas de prefeitos piauienses vão participar hoje(05) da mobilização “Temer, ajude os municípios”, em Brasília. Como o próprio nome do evento informa, o objetivo vai ser pressionar o presidente Michel