Drag e nordestina, porque parcerias de Pabllo Vittar significa tanto?
Publicado por: | Data: 26/07/19

Drag e nordestina, porque parcerias de Pabllo Vittar significa tanto?

Bem, a coluna especialmente hoje não tem fofoca, será algo diferente. A cantora Pabllo Vittar lançou sua primeira música em inglês ‘Flash Pose’ em parceria com Charli XCX. Atualmente temos outras cantoras que fazem parcerias internacionais como Anitta por exemplo, que gravou inclusive com a rainha do POP Madonna. Cada uma tem seu mérito, cada uma tem sua trajetória. Mas porque parcerias internacionais de Pabllo Vittar representa tanto ao país?

Sem desmerecer qualquer outra artista, Vittar é cantora LGBTQi+, Drag e nordestina. Sofreu preconceito por ser tudo isso, em um País onde parece que a cada dia que passa o ódio ganha mais espaço. Onde o nordeste serve de ‘piada’ na boca de grandes autoridades políticas. No País onde você pode ser morto, pelo simples fato de você ser gay, trans, drag ou ‘afeminado‘.

A cada novo passo que Pabllo Vittar dar, ela leva consigo uma multidão atrás, uma multidão que muitas vezes sofre calada, não tem voz nem vez, que vê na Drag Vittar, um momento de entretenimento e uma esperança de que as coisas em um dos países que mais mata gays vai melhorar um dia. Parcerias internacionais com uma profissional deste porte, inspira, quem é de uma cidade ‘isolada’ do Brasil, inspira pessoas de outros países. Apesar de toda fragilidade que é ser Gay no Brasil, Vittar ensina seu público a ser indestrutível.

Fonte: Meio Norte

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Deputado do Piauí pede Exército para agilizar Transnordestina

O deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) sugeriu ao presidente Michel Temer que passe para o Exército a responsabilidade de construir a ferrovia Transnordestina. Essa seria a alternativa para contornar problemas

GERAL

Saiba em quais celulares o WhatsApp vai parar de funcionar

O WhatsApp vai parar de funcionar, em breve, em celulares com sistema operacional em mais de seis anos. A empresa não considera mais interessantes para hospedar sua plataforma nestes smartphones. Segundo o site,

GERAL

Espera por cirurgia eletiva no SUS chega a 12 anos

Pelo menos 904 mil pessoas esperam por uma cirurgia eletiva – não urgente – no Sistema Único de Saúde (SUS). Parte desses pacientes aguarda o procedimento há mais de 10