Mundial de Clubes da Fifa terá o Qatar como sede em 2019 e 2020
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 04/06/19

Mundial de Clubes da Fifa terá o Qatar como sede em 2019 e 2020

Nesta segunda-feira, a Fifa confirmou que o Qatar, que será sede da próxima Copa do Mundo em 2022, também será o país-sede do Mundial de Clubes em 2019 e 2020. A data da realização da competição ainda não está definida, mas sabe-se que continuará sendo no fim do ano.

A decisão de colocar o Qatar como sede do torneio foi tomada nesta segunda, em um conselho da entidade em Paris. O formato será o mesmo dos últimos anos, onde jogam apenas os campeões dos cinco continentes, juntamente com uma equipe representante do país-sede.

O ‘novo’ formato do Mundial de Clubes aprovado pela Fifa tem data prevista para ser utilizado somente na edição de 2021 da competição, e que o Brasil demonstrou interesse em ser o país-sede, de acordo com informações do portal ‘UOL’.

Para esta edição do Mundial de Clubes já estão classificados: Liverpool, campeão da Liga dos Campeões da Europa; Espérance, campeão da Liga dos Campeões Africana; Hienghène Sport, vencedor da Liga dos Campeões da Oceania; Monterrey campeão da Concachampions (América do Norte e Central) e Al Sadd, representante do país-sede.

Fonte: Lance


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Educação de Ipiranga do Piauí promove palestra sobre cultura do alho na Semana Pedagógica

Na manhã desta terça-feira (11) o técnico em Agropecuária e membro da Associação Piauiense de Produtores de Alho, Francisco Alves, apresentou projeto de canteiros para o cultivo do alho, na Unidade Escolar

GERAL

Estudantes já podem se inscrever para bolsas remanescentes no Prouni 2019

As inscrições para as bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) referentes ao primeiro semestre de 2019 estão abertas e devem ser feitas pela internet. O programa oferece bolsas

Rombo nos estados é maior que o informado, revela Tesouro

A deterioração fiscal nos estados decorrente do aumento de gastos com pessoal e do aumento de créditos nos últimos anos é pior que a informada pelos governos locais. Segundo relatório