Governo Federal deve cerca de R$ 1 bilhão aos municípios do Piauí
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 29/06/15

Governo Federal deve cerca de R$ 1 bilhão aos municípios do Piauí

O Governo Federal deve aos 224 municípios piauienses cerca de R$ 950 milhões de “restos a pagar” referentes ao ano de 2014. A maioria dos recursos que já deveriam ter sidos pagos aos municípios são referentes às obras já executadas ou autorizadas. Assim, os municípios estão sofrendo pressão das empresas para quitar o débito e isso traz prejuízos de reputação aos prefeitos.

Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional dos Municípios. Em nível nacional, a União deve R$ 43,7 bilhões de restos a pagar aos mais de 5 mil municípios do País . Do total, R$ 3 bilhões já foram executados – ou seja, as obras estão prontas e falta apenas as empresas receberem o pagamento. No Piauí, o montante da dívida da União com os municípios cujas obras já foram realizadas é de R$ 115 milhões.

Os restos a pagar são recursos de convênios firmados entre as prefeituras e União para a aquisição de equipamentos e realização de obras, que não foram pagos dentro do ano para o qual estavam previstos. A liberação desses recursos foi uma das principais reivindicações da 18° Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. É que, por conta da crise financeira, o Governo Federal tem demorado a liberar o pagamento.

Entre os órgãos federais que mais estão em débito com os municípios com relação ao pagamento de obras executadas, destacam-se o Ministério da Integração Nacional, com dívida de R$ 667 milhões, e o da Saúde, com R$ 566 milhões. Já com relação e restos de pagar de recursos autorizados, o campeão é o Ministério da Educação, com dívida de quase de R$ 10 bilhões, e o da Saúde, com R$ 9,3 bilhões.

O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Arinaldo Leal, reclama que a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) está há oito meses sem repassar recursos aos municípios. “Atrasos sempre houve, mas nunca nessa proporção”, comenta.

Ele disse que, após os prefeitos reclamaram da liberação, o Governo Federal deu um até julho para que algumas obras fossem verificadas para se comprovar se estão obedecendo aos critérios regulares para que possam receber o dinheiro.

A reportagem completa você acompanha na edição impressa do Jornal O Dia de hoje (29).

Por: Robert Pedrosa- Jornal O Dia

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Dilma vai mandar carta para seleção e rebate obras paradas

A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que irá mandar uma carta para os jogadores da seleção e defendeu o governo das críticas de obras atrasadas para a Copa do Mundo.

Belém do Piauí 0 Comments

Vítima de acidente de moto é levada em estado grave para Picos

Um homem de 35 anos, identificado como Lindomar Martins de Carvalho, sofreu acidente de moto na cidade de Belém do Piauí e chegou a Picos por volta das 9h, sendo

MUNICÍPIOS

Seis municípios do Piauí receberão R$8,1 milhões para saúde

O governador Wellington Dias recebeu, na manhã deste sábado (19), o ministro da Saúde, Marcelo Castro, e os prefeitos de Teresina, Firmino Filho, e de Picos, José Waldir de Lima,