ALEGRETE | Conselho Tutelar e Assistência Social promovem mobilização contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes; fotos!
Publicado por: José Antônio Ferreira Costa | Data: 19/05/17

ALEGRETE | Conselho Tutelar e Assistência Social promovem mobilização contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes; fotos!

Com o objetivo de mobilizar a comunidade sobre um problema que a cada dia se torna mais preocupante, o Conselho Tutelar e a Secretaria Municipal de Assistência Social de Alegrete do Piauí, realizaram na tarde desta quinta-feira (18), uma mobilização para marcar o Dia “D” da Campanha Nacional de Luta contra o Abuso Sexual e Exploração de Crianças e Adolescentes.

O evento aconteceu no Espaço Cultural, no centro de Alegrete, e foi promovido pelo o Conselho Tutelar, através da Secretaria de Assistência Social e Prefeitura Municipal em parceria, com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Na abertura do evento, a secretária de Assistência Social, Adricia Sousa, representando o prefeito Márcio Alencar, relatou o apoio da gestão. “O município conta com uma equipe de conselheiros tutelares preparados e atuantes, com toda estrutura necessária para desenvolver o trabalho; temos dado total apoio e conseguido andar em parceria com o órgão para desenvolver as atividades que garantam os direitos de nossas crianças e adolescentes”.

Durante o evento foi realizado uma palestra com a psicóloga Vanessa Macêdo, com foco no abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, destacando a importância de se denunciar casos, ter atenção as crianças e os adolescentes principalmente o contato delas com as redes sociais, dando-lhes credibilidade, ter atenção se a criança está com um comportamento diferente, entres outros.

Em entrevista ao Portal Cidades Na Net, a psicóloga Vanessa Macêdo, destacou a importância de ações como estas. “O nosso principal objetivo hoje foi conscientizar a todos sobre a violência de abuso sexual contra a criança e ao adolescente. Apresentamos os principais meios que os abusadores usam para consumar o ato. Tentamos também abordar um pouco da realidade do nosso município, como a gravidez precoce. A maior importância desse trabalho do conselho que eu percebo, é que eles estão mostrando para a população que não estão aqui para punir, mas para proteger”, disse.

Foram realizado ainda uma apresentação teatral com o grupo CENIUM de Picos, pela qual participam a atriz alegretense Socorro Barros e o renomado ator Juscelino Moura, dentre outros; na ocasião o grupo encenou uma realidade vivida na adolescência, quando estes se relacionam e acabam por contrair situações indesejadas como a gravidez e outras consequências.

O diretor da Unidade Escolar Maria Juceneuda Maia, professor José Sabino de Lima, “O Bidunga”, parabenizou a iniciativa e colocou a escola à disposição do Conselho Tutelar. “Para todos nós é importantíssima ações como estas. Sou diretor de uma escola onde todos são adolescentes, conhecemos toda a história que envolve o 18 de maio. Por isso, nós professores apoiamos a iniciativa do conselho e estamos também na defesa, para que os jovens e adolescentes não sofram nenhum tipo de abuso” pontuou o gestor escolar.

Já a professora Maria do Socorro César Coelho de Oliveira, a Corrinha, como é popularmente conhecida, disse em entrevista que a escola abraça a causa e se tornou uma parceira na ação. “É de suma importância estar debatendo este tema que leva o conhecimento e prevenção aos jovens e adolescentes. Parabenizo o conselho por esta iniciativa, e que o combate não seja somente neste 18 de maio, mas todos os dias”, disse.

O presidente do Conselho Tutelar, Josiel José Alves, o Josa, como é conhecido fez um balanço das ações deste ano. Segundo ele o evento superou as expectativas. “Esse é um momento muito importante, pois vemos a necessidade de estarmos passando informações para nossas crianças e adolescente que são vítimas constantemente de abusos. Hoje estamos promovendo uma peça de teatral, sobre as consequências que esses abusos causam na vida das crianças, jovens e adolescentes”.

Ainda sobre o dia 18 de maio, Josa destacou que é necessário reforçar a questão da denúncia e a sociedade ajudar a divulgar os serviços existentes. “Estamos aqui para chamar atenção de toda a comunidade, principalmente das crianças e adolescentes. O abuso e a exploração sexual existe e não podemos fechar os olhos para estes acontecimentos. Existe toda uma rede especializada para fazer o atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência, uma destas é o Conselho Tutelar. Mas é preciso que haja a denúncia”, concluiu.

Josa, apontou as principais dificuldades encontradas no trato com as crianças e adolescentes no que diz respeito as atribuições do conselho em Alegrete. “Temos acompanhado no município muitos adolescentes com evasão escolar, notas baixas, e estamos pedindo aos pais para fazer o acompanhamento na vida dos filhos. A população pode contar com o Conselho Tutelar sempre que as crianças, jovens e adolescentes estiverem com seus direitos violados”.

O conselheiro também destaca melhorias e avanços na estrutura e serviços oferecidos pelo Conselho nesta nova gestão de 2016-2019. “Através do nosso esforço o Conselho encontra-se em nova sede totalmente estruturada para atender as necessidades; passamos por reuniões permanentes e tenho buscado como presidente à frente da instituição  conhecimentos e parcerias que mudem a realidade das nossas crianças e adolescentes”, finalizou.

O evento contou com a participação do secretário municipal de Cultura, Iago Sousa, da  secretária municipal de Saúde, Rayara Carvalho, de todos os Conselheiros municipais: Josiel José Alves-Presidente, Justina Maria Pereira-Vice-presidente,  Anderson José Ramos, Maria Alba Régia Dias, Pedro da Silva Rodrigues e Rafaela Francisca de Jesus; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes, a assistente social Elayne Ribeiro; a psicóloga   Vanessa Macedo, diretores das escolas, professor Bidunga (Maria Juceneuda Maia), Corrinha (Antônia de Sousa Alencar).

Professores e alunos da escola municipal, Maria Juceneuda Maia, da escola estadual, Antônia de Sousa Alencar, também participaram do evento.

A Campanha

O dia 18 de maio foi escolhido como data nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, porque em 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Sanches, foi vítima de um crime que chocou o país. Ela tinha apenas oito anos de idade quando foi sequestrada, estuprada e morta. O seu corpo, desfigurado por ácido, apareceu em uma movimentada Rua de Vitória (Espírito Santo). O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes busca manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as crianças.

Para denunciar, a vítima pode entrar em contato com um dos serviços especializados como, a Assistência Social o Conselho Tutelar, Polícia Militar, Civil e Federal, o CRAS, ou no disque 100.

Mais fotos:

      

            

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

81 Prefeituras do Piauí estão em atraso com os fornecedores

Estudo feito pela equipe técnica da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que ao menos 81 Prefeituras do Piauí estão com o pagamento dos fornecedores atrasado. O indicativo representa 73,6%

DESTAQUES 0 Comments

Vigilante morre ao se chocar com ônibus escolar em Fronteiras

Um acidente ocorrido no início da tarde desta terça-feira (09) vitimou o senhor Matias Ribeiro dos Santos (57 anos) vigilante do Hospital Norberto Ângelo Pereira em Fronteiras. O acidente aconteceu

DESTAQUES

Prefeito assina convênio de R$ 3,7 milhões com a Codevasf, para implantação de adutora de água na zona rural de Vila Nova do Piauí

Na tarde da última terça-feira (23), o prefeito do município de Vila Nova do Piauí, Edilson Brito, assinou em Teresina, convênio com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São