Com leitos lotados, presidente da FMS admite dificuldades para abrir novas vagas
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 22/02/21

Com leitos lotados, presidente da FMS admite dificuldades para abrir novas vagas

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, admitiu que devem ser adotadas medidas mais restritivas para conter o avanço da Covid-19. Em entrevista ao Notícia da Manhã, nesta segunda-feira (22), ele disse  que não há mais capacidade para abertura de novos leitos por falta de medicamentos no mercado para o tratamento da doença. O médico destaca também que faltam até luvas no mercado, um dos equipamentos de proteção individual (EPIs) que se tornaram indispensáveis durante a pandemia.

“Diante da situação atual, nós tínhamos duas medidas a tomar: ou você deixa tudo aberto como estar e cria leito de UTI ou você vai ter que reduzir movimentação de pessoas para que os leitos de UTI sejam suficientes para acomodar os que precisam. Bem, abrir leito de UTI, nós já abrimos o que era possível e mesmo que a gente conseguisse abrir mais leito de UTI, não existe medicamentos no mercado para se comprar. As indústrias não estão produzindo quantidade suficiente. Nem luvas têm mais no mercado para vender. Então, não temos outra alternativa: algumas medidas restritivas terão que ser tomadas”, disse Albuquerque.

Com a situação preocupante, integrantes do Comitê de Operações Emergenciais (COE) se reuniram ontem (21). Neste fim de semana, por exemplo, a ocupação de leitos de UTI chegou a 91% na Capital.

“Ontem foi um dia inteiro de discussões, levantamento de dados, interpretação desses dados para que a gente possa subsidiar o prefeito e o governador sobre medidas necessárias a serem tomadas. É evidente que ninguém gostaria de ter medidas restritivas. Isso é ruim para nós, gestão pública, sociedade, todo mundo”, reitera.

Por outro lado, o presidente da FMS explica que as medidas restritivas devem aplicadas de acordo com a situação de cada cidade, cada região, levando em consideração a quantidade de casos.

 

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

MP ingressa com ação contra ex-secretário de fazenda por irregularidades em transferências ao Iaspi

Ministério Público do Piauí ingressou com ação civil pública contra o ex-secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, e contra o Contador-Geral do Estado, Ricjardeson Dias, por irregularidades em transferências de valores

NOTÍCIA DESTAQUE

Rodrigo Martins nega que perda de votos tenha motivado desistência

O deputado federal Rodrigo Martins (PSB) concedeu entrevista ao GP1 neste domingo (19), e desmentiu rumores de que teria desistido da reeleição por uma suposta perda de votos na campanha.

Simões

SIMÕES | Secretária de Saúde e ex-vereadora Rúbia Moura entregam ambulância para o povoado Maria Preta

A secretária municipal de Saúde, Isamária Dantas e a ex-vereadora Rúbia Moura, realizaram nesta quarta-feira, 06 de janeiro, a entrega de uma ambulância para a Unidade Básica de Saúde Maria