Detenta integrante de grupo de teatro foge da Penitenciária Feminina
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 16/09/16
Comments 0

Detenta integrante de grupo de teatro foge da Penitenciária Feminina

A detenta Ingrid Leal de Sousa, integrante do grupo de teatro da  Penitenciária Feminina de Teresina, fugiu do centro de detenção na tarde dessa quarta-feira (14).

A mulher estava detida por roubo, era reincidente, e praticou a fuga dois dias depois ser presa novamente pelo mesmo crime. A informação foi confirmada ao Cidadeverde.com pela assessoria de imprensa da Secretaria do Estado da Justiça- Sejus.

Ingrid fugiu durante uma aula do curso de teatro. O sumiço da detenta só foi percebido após recontagem das presas feita pela direção da Penitenciária Feminina. A suspeita é que ela tenha fugido depois de ter conseguido pular o muro do presídio.

A Sejus informou que o juiz da Vara de Execução Penal foi informado da fuga e que buscas estão sendo realizadas pela Polícia Militar para encontrar Ingrid.

Ingrid Leal participou do elenco da peça “Cartas de Minha Vida”, inspirada na vida da pintora mexicana, Frida Kahlo. O espetáculo teatral foi apresentado recentemente no Theatro 4 de Setembro.

detenta-foge

Cidade Verde

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Droga é encontrada em escola no Piauí

Na manhã desta terça-feira (27), por volta das 9h, os policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Escolar (CIPE) apreenderam um tablete de substância analógica a maconha, na Escola Municipal

POLÍCIA

Acusado de matar esposa a facadas no Piauí vira réu na Justiça

A juíza de direito Maria Zilnar Coutinho Leal, respondendo pela 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina, recebeu denúncia conta Gil Carlos Moreira Rodrigues acusado de matar a

POLÍCIA

Acusado de matar ex-esposa a facadas é preso em Curral Novo do PI

Policiais civis e militares do estado do Piauí prenderam Marconceles de Souza na manhã desta quinta-feira (01), no assentamento areias, situado na cidade de Curral Novo. Ele é acusado de