Comerciante reage a assalto e mata suspeito com 3 tiros no Piauí
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 08/04/17
Comments 0

Comerciante reage a assalto e mata suspeito com 3 tiros no Piauí

Uma tentativa de assalto na cidade de Esperantina, a 174km ao Norte de Teresina, terminou em morte no começo da tarde desta sexta-feira (7). O fato aconteceu quando dois homens invadiram um comércio no Conjunto Fazendinha e foram surpreendidos pelo proprietário, que estava armado.

“Ele reagiu ao assalto e efetuou disparos atingindo o assaltante que veio a óbito. O outro se encontra preso na delegacia de Esperantina”, disse o delegado Leonardo Martins.

De acordo com o delegado, o segundo assaltante foi preso após procurar atendimento médico no hospital da cidade. Ele também foi atingido pelos tiros. O comerciante se evadiu do local.

“Não temos conhecimento do paradeiro dele. As diligencias estavam concentradas para identificar o outro indivíduo que participou do assalto. Ele também foi baleado e deu entrada no hospital onde terminou preso”, conta o delegado.

O assaltante morto foi identificado como Josiel. Eles chegaram ao local em uma moto roubada minutos antes da ação.

Cidade Verde

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Homem morre eletrocutado enquanto fazia manutenção de ar condicionado no Piauí

Um homem, identificado apenas como Marcos Alencar, 48 anos, morreu eletrocutado na tarde desta quinta-feira (9), enquanto fazia a manutenção de um ar-condicionado em um condomínio no bairro Santa Isabel,

NOTÍCIA DESTAQUE

Ônibus com a banda do cantor Francis Lopes se envolve em acidente em São Paulo

Um ônibus com a banda do cantor piauiense Francis Lopes sofreu um acidente na madrugada deste domingo(24) em Itapecerica da Serra em São Paulo, quando chegava para cumprir a terceira

NOTÍCIA DESTAQUE

Conselheiro explica decisão do CFM de uso da cloroquina em casos leves de covid-19

O Conselho Federal de Medicina (CFM) liberou a prescrição da cloroquina e da  hidroxicloroquina para pacientes em estado leve e moderado do novo coronavírus, sem os médicos possam ser punidos.