Sem acordo, peritos do INSS voltam ao trabalho depois de 4 meses no Piauí
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 20/01/16

Sem acordo, peritos do INSS voltam ao trabalho depois de 4 meses no Piauí

Após quatro meses e meio, os médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) decidiram encerrar a greve durante assembleia no fim de semana e voltar ao trabalho na próxima segunda-feira (25). No Piauí, a categoria deixou de realizar cerca de 32 mil perícias ao longo do período grevista, segundo estimativa da gerência executiva do órgão.

Apesar da decisão, os peritos afirmam que nenhum acordo foi feito com o Ministério do Planejamento e que as negociações não avançaram. A categoria sustenta que o retorno foi forçado, já que o órgão estava atribuindo faltas injustificadas aos médicos e descontando salários.

“A categoria retornou parcialmente, não é o fim. Ocorre que o INSS estava colocando faltas injustificadas e descontando os salários dos médicos, o que poderia prejudicar a categoria. Então para evitar danos, decidiu-se pela suspensão, mas será um retorno em estado de greve”, informou José Ribamar Barbosa, presidente do Sindicato dos Peritos do Piauí.

Os médicos peritos cobram a reestruturação da carreira, a adequação das condições de trabalho e a redução da jornada de trabalho de 40 para 30 horas. Segundo ele, mesmo com o retorno a luta da categoria pelo acolhimento das reivindicações irá permanecer ativa junto ao Ministério do Planejamento.

O gerente executivo do INSS no Piauí, Carlos Augusto Viana, disse que quatro mil perícias vinham sendo deixadas de ser feitas por mês em virtude da greve dos peritos. Ele confirmou que a colocação das faltas e os descontos estavam ocorrendo por decisão da direção nacional do órgão, após uma ação judicial movida pelo Sindicato dos Peritos proibir o governo de colocar o código de greve no ano passado.

Carlos Augusto afirmou ainda que com o retorno dos peritos na segunda-feira serão priorizadas as pessoas com requisição de benefício pela primeira vez e beneficiários que querem voltar ao trabalho, mas precisam do aval do médico para dar baixa no auxílio doença.

 

 

Fonte: G1

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

GERAL

Usuário poderá escolher se quer ser adicionado em grupo de WhatsApp

As eleições parlamentares da India, mais conhecidas como Lok Sabha, acontecerão daqui a duas semanas. E, como vocês bem sabem, o pleito – tal qual ocorreu no Brasil – poderá ser

GERAL

Defensoria Pública do Piauí participa de audiência por meio de videoconferência

Mesmo durante a pandemia provocada pelo Novo Coronavírus, a Defensoria Pública do Estado do Piauí (DPE) tem cumprido o seu papel de promover o acesso à Justiça. Nesta quinta-feira (26),

Pio IX

PIO IX | Escolas da rede municipal iniciam 2 º semestre letivo com atividades lúdicas e premiações para alunos destaques

As aulas do segundo semestre do ano letivo, no município de Pio IX, iniciaram, nessa segunda-feira (20), nas escolas da rede municipal. Os alunos da zona rural e urbana de