Definida a data da convenção municipal do Progressistas em Patos do Piauí; veja
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 02/09/20

Definida a data da convenção municipal do Progressistas em Patos do Piauí; veja

O Progressistas, partido do grupo da situação no município de Patos do Piauí, definiu a data para a sua convenção  partidária, a qual  vai definir os candidatos que irão concorrer às eleições municipais de 2020 para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador.

Em edital publicado na última segunda-feira, 31 de agosto,  o presidente da Comissão Executiva Municipal, Agenilson Teixeira Dias, convocou os convencionais para participarem da convenção, que acontecerá no dia 11 de setembro, das 8h às 13h, na Quadra Poliesportiva, situada na Rua Manoel Bispo Teixeira.

Devido á pandemia, todas medidas de segurança serão adotadas, tais como a redução do número de pessoas, aos quais, apenas os filiados ao partido político  e colaboradores participarão da convenção.

Na pauta da convenção, está a escolha dos nomes que irão disputar as eleições para os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador, como também, sorteio dos números dos candidatos a vereador, a aprovação do plano de governo do candidato a prefeito e a escolha do representante  da coligação majoritária, perante o juiz eleitoral.

 

Veja o edital abaixo:

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Verba retirada de universidades será investido na base, diz Bolsonaro

A verba que será retirada das universidades federais será investida na educação básica, anuncia o presidente Jair Bolsonaro. Segundo ele,  a educação no Brasil é como uma casa com um

POLÍTICA

“É um noivado com a data de casamento”, diz Mainha sobre ida pro PL

O ex-deputado federal José Maia Filho, o Mainha, afirmou nesta segunda-feira (10) que sua ida para o PL é como se fosse um noivado com data de casamento marcada. O

POLÍTICA

Senador defende teto dos gastos públicos para equilibrar e reduzir déficit

Diante do baixo desempenho da economia, o governo federal chegou a discutir a flexibilização do teto de gastos públicos estabelecida pela Constituição Federal, porém, para o senador Marcelo Castro (MDB), a regra é importante