Suspeito de tentativa de assalto é morto com seis tiros no Piauí
Publicado por: | Data: 15/04/20

Suspeito de tentativa de assalto é morto com seis tiros no Piauí

Um rapaz identificado apenas como Carlos Gabriel foi assassinado com seis tiros durante a noite de terça-feira (14) quando, segundo a Polícia Militar, participava de uma tentativa de assalto. O rapaz foi baleado seis vezes e morreu no local, a Avenida Centenário, na Zona Norte de Teresina.

De acordo com o sub-tenente G. Santos, da Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 20h. Carlos Gabriel e outro homem estavam em uma motocicleta e tentaram assaltar um casal, que estava em outra moto. Uma das vítimas do assalto sacou uma arma de fogo e disparou.

Os tiros atingiram os dois braços, as duas pernas, um dos pés e as costelas de Carlos Gabriel, que morreu no local. Depois dos tiros, tanto o homem que acompanhava Carlos como as duas supostas vítimas da tentativa de assalto fugiram do local.

A Polícia foi acionada em seguida. Ainda segundo o subtenente G. Santos, a Polícia busca agora identificar e localizar o casal e o homem que acompanhava Carlos Gabriel, para concluir a investigação sobre o homicídio.

Fonte: G1 PI

sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Bandidos trancam funcionários em banheiro durante assalto aos Correios no Piauí

Três suspeitos armados invadiram a agência dos Correios no município de Cocal de Telha e trancaram os funcionários dentro do banheiro durante assalto nesta segunda-feira (25). De acordo com a

MUNICÍPIOS 0 Comments

Polícia recupera moveis furtados em São Julião

O Grupamento da Polícia Militar (GPM) de São Julião – PI recuperou na tarde desta segunda-feira, 09 de janeiro, diversos moveis que haviam sido furtados nos arredores do povoado Fujona,

POLÍCIA

PF deflagra operação ‘Viúvo Negro’ contra fraudes previdenciárias no PI, CE e MA

Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (21) a operação ‘Viúvo Negro’ e cumpre mandados de busca e apreensão e prisão preventiva no Piauí, Ceará e Maranhão contra fraudes previdenciárias. Um casal foi preso