Governo do Piauí vai pegar empréstimo de R$ 315 milhões
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 20/04/17

Governo do Piauí vai pegar empréstimo de R$ 315 milhões

O governador Wellington Dias (PT) sancionou na quarta-feira, dia 19 de abril, o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a contrair empréstimo na ordem de R$ 315 milhões junto a Caixa Econômica Federal. A operação financeira, com recursos oriundos do FINISA (Programa Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), vislumbra investimentos em obras estruturantes, melhorando o acesso à água e esgotamento pela população piauiense.

O projeto havia sido aprovado pela maioria dos parlamentares da Assembleia, concentrando as discussões em torno de ação similar solicitada no final do ano passado. Nesse sentido, a nova autorização apenas ajuste os parâmetros assinalados anteriormente, permitindo desta vez que o Estado formalize o empréstimo sem necessitar do aval da União. Com isso, a projeção é que a consolidação da operação de crédito seja facilitada. “Em um empréstimo sendo liberado, eu dou aqui a garantia que o governador não receberá o outro empréstimo e que não haverá uma duplicidade de recebimento desse valor, até porque seria uma quebra de confiança com esta Casa, se o o governo decidisse receber os dois”, apontou na ocasião o secretário de Governo, Merlong Solano (PT).

Também deve ser sancionada nos próximos dias a autorização para que o Estado busque empréstimo junto ao Banco Mundial no valor de U$ 50 milhões voltado ao desenvolvimento do programa de modernização da gestão pública. “Os recursos se destinam à execução do Profisco II, que é o programa de aperfeiçoamento e modernização dos órgãos que atuam nas áreas de arrecadação de recursos e de pessoal, incluindo as Secretarias de Fazenda e de Administração e Previdência”, indicou o deputado Aluísio Martins (PT), que relatou a proposta na Assembleia.

O Piauí possui ‘folga’ para contrair empréstimos, haja vista que está bem abaixo do limite estipulado pelo Senado, assim, é importante ressaltar que os dados mais recentes apontam inclusive para uma queda no endividamento do Estado, onde em 31 de dezembro de 2016 a Dívida Fiscal Líquida chegava a R$ 2,595 bilhões, já até o dia 28 de fevereiro de 2017, o valor atingia R$ 1,282 bilhão; ou seja, apresentando uma redução é de pouco mais de R$ 1,312 bilhão.

Fonte: Jornal Meio Norte

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Cerca de 4 mil indícios de irregularidades foram detectadas nas prestações de conta eleitoral

CompartilheOs candidatos eleitos e não eleitos terão até o dia 1º de novembro deste ano para realizar a prestação de conta relativa à campanha eleitoral 2016. Cerca de 4 mil

Alegrete do Piauí

ALEGRETE | Igreja Assembléia de Deus Madureira realiza “Projeto Beneficente” neste sábado (14)

CompartilheA Igreja Evangélica Assembléia de Deus Madureira do município de Alegrete do Piauí, realiza neste sábado (14 ) um projeto beneficente, “O Bom Samaritano Pode Ser Você”. A culminância do

NOTÍCIA DESTAQUE

ALEGRETE | Colégio Estadual ASA realiza I Sarau Literário

CompartilheA Unidade Escolar Estadual Antônia de Sousa Alencar (ASA), realizou na última quinta-feira (3), o I Sarau Literário do ASA, com o objetivo de incentivar a leitura de obras brasileiras,

NOTÍCIA DESTAQUE

Prefeitos vão à Justiça para não pagar piso salarial aos professores

CompartilheO presidente da Associação Piauiense dos Municípios (APPM), Arinaldo Leal, afirmou ontem ao Diário do Povo que os municípios piauienses não têm verbas para pagar o reajuste do Piso Salarial

Alegrete do Piauí

Partidos de oposição definem data para convenções em Alegrete do Piauí

CompartilheConforme o calendário eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral para as eleições municipais de 2016, os partidos políticos terão o período de 20 de julho a 05 de agosto para realizarem

MUNICÍPIOS

Chuvas mudam paisagem no Piauí; confira os registros

CompartilheDurante boa parte do ano, o cenário em vários municípios do Piauí e, principalmente no sertão, é basicamente o mesmo: árvores secas, chão cinzento, pouca água e um imenso céu