Sobe para 203 o número de mortos na tragédia de Brumadinho
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 14/03/19

Sobe para 203 o número de mortos na tragédia de Brumadinho

A Defesa Civil de Minas Gerais informou nesta quinta-feira, 14, que o número de mortos pelo rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, ocorrido há quase dois meses, subiu para 203.

Ainda segundo a corporação,105 pessoas ainda estão desaparecidas e 398 foram localizadas.

Os trabalhos de identificação dos mortos resgatados ainda continuam na região, assim como a busca pelos desaparecidos. De acordo com a Polícia Civil, mais dois foram identificados.

  • Foto: Cadu Rolim/Foto Arena/Estadão ConteúdoRompimento de barragem em Brumadinho

    Rompimento de barragem em Brumadinho

A barragem 1 da mina Córrego do Feijão em Brumadinho se rompeu no dia 25 de janeiro. Os rejeitos atingiram a área administrativa, uma pousada e comunidades que moravam perto da mina.

As causas da tragédia ainda não foram esclarecidas. A principal linha de investigação sobre as causas do colapso é o acúmulo anormal de água e a falha no sistema de drenagem da barragem.

 

 

 

Fonte: estadão Conteúdo


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Vera Mendes está entre os 53 municípios do Piauí regulares no SIOPS

O município de Vera Mendes, localizado no Sudeste Piauiense, é uma das 53  cidades do Estado que estão em situação regular junto ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em

NOTÍCIA DESTAQUE

Comboio do Exército com 06 carros-pipas e 20 homens chega a Jaicós para substituir pipeiros

Um comboio formado por 06 carros pipas e 20 homens do 25º Batalhão de Caçadores (25º BC), unidade do Exército Brasileiro com sede em Teresina, coordenada pelo capitão Berti chegou

NOTÍCIA DESTAQUE

Vale anuncia que vai fechar 10 barragens semelhantes à de Brumadinho

Após reunião com os ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do Meio Ambiente, Ricardos Salles, o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, anunciou hoje (29) que a empresa vai acabar com