TRE-PI inicia a implantação do Processo Judicial Eletrônico
Publicado por: | Data: 31/07/19

TRE-PI inicia a implantação do Processo Judicial Eletrônico

A Justiça Eleitoral do Piauí inicia em agosto a implantação do Processo Judicial Eletrônico (PJe). Entre os dias 06 e 10 de agosto, serão realizados os treinamentos dos servidores que atuarão no sistema em Teresina e Campo Maior, as localidades serão as primeiras a operar no PJe. Na primeira etapa, cerca de 27 das 82 Zonas Eleitorais do Estado começarão a utilizar integralmente o novo sistema de acesso a processos judiciais eleitorais.

O secretário Judiciário do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, João José Rodrigues Alves, aponta a importância da implantação do novo sistema, “é um sistema de fácil acesso e manuseio tanto para o público interno, como o externo”, afirma. No último dia 18, a Secretaria Judiciária (SJ) realizou videoconferência com os servidores da Justiça Eleitoral da capital e do interior para apresentar o sistema e dirimir dúvidas. À medida que o PJe for implantado, o Sistema de Acompanhamento de Documentos e Processos (SADP) deixará de ser utilizado.

O PJe é um sistema que permite a tramitação de processos exclusivamente por via eletrônica, tornando a prestação jurisdicional mais ágil, eficiente, econômica e sustentável. Ele vem sendo implantado gradualmente na Justiça Eleitoral desde 2015, quando começou a ser utilizado inicialmente para a tramitação de algumas classes processuais originárias do TSE. Aos poucos, mais classes foram sendo incluídas, na medida em que o sistema passou a ser utilizado também pelos TREs. Em 2019, será a vez da primeira instância.

Implantação Nacional – Até o fim deste ano, a Justiça Eleitoral implementará o Processo Judicial Eletrônico (PJe) em todas nas 2.645 zonas eleitorais de todo o país. A implantação do sistema nas zonas eleitorais acontecerá em cinco etapas, tendo como critério a capacidade das localidades de conectividade com a internet. Segundo a assessora-chefe do PJe, Simone Batalha, a meta é que, até o fim de agosto, todas as zonas eleitorais das capitais dos estados e do Distrito Federal, onde as conexões com a internet são mais eficientes, já estejam operando o sistema.

Em setembro, será a vez das localidades do interior que também dispõem de uma boa capacidade de conexão. No mês seguinte, o PJe será implementado em zonas de médio porte, onde a capacidade de conexão com a internet gire em torno de 2 MB, e, em novembro, será a vez das zonas que dispõem de pelo menos 1 MB de conexão. Por fim, em dezembro, passarão a operar o PJe as zonas eleitorais de localidades com menor capacidade de comunicação, onde a conexão se dará via satélite.

Devido à existência de comunidades com maior dificuldade de acesso à internet, está sendo desenvolvida a versão 2.1 do PJe, que já está no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) para validação. “Essa será uma versão ‘mais leve’, com maior tecnologia e que permitirá que o sistema ‘rode’ melhor nesses cartórios eleitorais que têm um link de comunicação baixo”, explica Simone.

Fonte: GP1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Massapê do Piauí

Educação de Massapê realiza formação continuada do PNAIC; fotos

A Prefeitura Municipal de Massapê do Piauí, por meio da Secretária de Educação, realizou nos dias 12 e 13, com os professores da rede de ensino municipal a formação continuada

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Moradores interditam ferrovia Transnordestina em Simões

Moradores de comunidades rurais da cidade de Simões, a 500 km ao sul de Teresina, interditaram a ferrovia Transnordestina nesta quarta-feira (2). Eles reclamam do tratamento que estão recebendo das

NOTÍCIA DESTAQUE

Bolsonaro passará por cirurgia de médio porte nessa semana, diz médico

Jair Bolsonaro (PSL) passará por uma nova cirurgia, de médio porte, no abdome, no próximo fim de semana em São Paulo, informou neste domingo (1º) à reportagem o médico Antônio