Atividades em comemoração à Semana de Luta Antimanicomial começa nesta quinta-feira (16)
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 15/05/19

Atividades em comemoração à Semana de Luta Antimanicomial começa nesta quinta-feira (16)

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Coordenação de Saúde Mental e em parceria com o curso de enfermagem da Universidade Federal do Piauí (UFPI), promoverá entre os dias 16 e 18 de maio, a Semana de Luta Antimanicomial em alusão ao Dia Nacional de Luta Antimanicomial.

Com o tema “Se o manicômio resiste, a luta persiste” a semana tem como o objetivo sensibilizar a importância de uma sociedade livre de manicômios e preconceitos, a luta pelos direitos de pessoas com transtornos mentais, conforme a lei 10.216. Haverá uma programação voltada não só à população com a deficiência, mas a todos, cujo intuito é fortalecer os vínculos familiares e sociais.

“Nós construímos uma programação para discutir com familiares e sociedade em geral os direitos  e a liberdade. Além de receber o cuidado, o paciente tem que receber o tratamento sem que, para isso, tenha que estar isolado. Convidamos toda a população e interessados com a causa  que venham participar com a gente dessa programação”, afirmou a coordenadora de saúde mental, Santyla Brandão.

Os eventos serão realizados no  Piauí  Shopping , onde terão atividades, cinema e minicursos. Ao encerrar a semana, no dia (18), na praça Félix Pacheco, às 08h00, acontece o CAPS Itinerante com exposição de telas, educação e saúde (folders, informações e encenação dos alunos de enfermagem da UFPI DE Picos).

confira a programação:

Fonte: Ccom


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Professores da Ufpi sofrem agressões e são vítimas de pichações de ódio

Nome de professor apagado com spray e em baixo escrito “fascista” e a mensagem “vaza da Rádio” são algumas das pichações vistas nos corredores da Ufpi (Universidade Federal do Piauí),

Picoense é sequestrado e violentado sexualmente em Petrolina

O picoense, Anderson Veloso, 21 anos, estudante de psicologia, usou as redes sociais para relatar os momentos de terror vividos por ele no último dia 30 de abril, na cidade