Solenidade de entrega de títulos de cidadania marca noite de comemorações aos 22 anos de Belém do Piauí
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 16/12/17

Solenidade de entrega de títulos de cidadania marca noite de comemorações aos 22 anos de Belém do Piauí

Em seu aniversário de 22 anos de emancipação política, a cidade de Belém do Piauí recebeu ilustres presentes. Oito novos cidadãos, que por seus serviços prestados ao município, foram agraciados com o honroso Título de Cidadania Belenense durante prestigiada solenidade realizada na noite desta quinta-feira (14) na Câmara Municipal.

Adalto Alves de Oliveira, Antônio Lisboa da Silva, Maria Auxiliadora Bento de Assis, Marcelo Costa e Castro, José Benedito Neto, Raimundo Neiva Filho, Edson Braz Ribeiro e Maria Wilma de Carvalho Reis Macedo são os novos cidadãos belenenses, que muito contribuíram com o crescimento da cidade, e que agora prometem contribuir ainda mais, em honra ao título recebido.

A solenidade de entrega de títulos, que marcou a noite de comemorações aos 22 anos de Belém do Piauí, foi  presidida pelo vereador Bernardino Carvalho, presidente do Legislativo Municipal, e prestigiada pelo Prefeito Municipal Ademar Aluísio de Carvalho, vice-prefeito, Francisco Reis de Carvalho Bento, primeira dama, Francisca Maria Gomes, Secretário de Administração, Sherlyn Oliveira, todos os vereadores do município, deputados Marcelo Costa e Castro e Severo Eulálio Neto, Comandante da 3º Companhia de Polícia Militar, capitão Lindomar Félix dos Santos, familiares e amigos dos homenageados e população de Belém.

Os Homenageados

Adalto Alves de Oliveira

Nascido em 1976, filho de Antônio Gonçalves de Oliveira e Gonçala Alves de Oliveira, reside em Belém do Piauí desde o dia 18 de fevereiro de 2004, casado com a senhora Francisca Dias de Oliveira, com quem tem dois filhos.

Tem como profissão agricultor, marceneiro, pedreiro, eletricista, encanador, artesão e também trabalha com artes plásticas. Adalto Alves de Oliveira é evangélico desde o dia 8 de março de 2007 na Assembleia de Deus de Madureira. Exerceu cargo de diácono em 2009 e foi elevado a presbítero da comissão estadual em Teresina, no ano de 2010, cargo que exerce até hoje na Assembleia de Deus de Missão.

A Câmara Municipal concedeu o Título de Cidadão Belenense através do decreto Nº 05/2015 de 21 de agosto de 2015, de autoria do vereador Bernardino Geraldo de Carvalho. Adalto recebeu a honraria das mãos do autor do projeto, o presidente da Câmara Municipal de Belém do Piauí.

Antônio Lisboa da Silva

Antônio Lisboa da Silva é coordenador da Ciretran de Padre Marcos. Nasceu no dia 13 de julho de 1965 na localidade Tanquinho Data Boa Esperança, na época, zona rural do município de Padre Marcos, hoje pertencente à cidade de Vila Nova do Piauí. É filho do casal Antônio Estanislau de Sousa e Maria Boaventura de Jesus. Graduado em Licenciatura Plena em Letras pela Faculdade de Formações de Professores, em Araripina do Pernambuco, e Pós-graduado em Docência do Ensino Superior. Casado com Valtira Francisca de Araújo Silva e pai de dois filhos, Maria Carolina de Araújo Silva e Antônio de Carvalho Silva.

Evangélico a 14 anos, integrante do grupo de louvor “Os Levitas” e obreiro da igreja evangélica Assembleia de Deus em Padre Marcos. É também radialista e cerimonialista. Servidor Público da empresa Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa), desde agosto de 2011. Desempenha a função de coordenador da 30º Circunscrição Regional de Transito (CIRETRAN) de Padre Marcos. O homenageado já prestou relevantes serviços ao município de Belém do Piauí como radialista e cerimonialista de 1997 a 2010.

De 2011 até os tempos atuais tem se dedicado a oferecer um grandioso serviço ao município de Belém do Piauí à frente do órgão Regional de Trânsito, ao qual o município de Belém é vinculado. Com a atuação de Antônio na Ciretran o número de veículos em Belém do Piauí, que no ano de 2010 era de cerca de 200, passou para 524 veículos emplacados, segundo dados do Detran-PI, sendo desses 450 devidamente regulados. O coordenador da Ciretran tem se destacado pelo bom atendimento que tem desempenhado junto à população de Belém estando à frente do órgão.

O ex- vereador Evaldo Otacílio Silva, foi o autor do decreto legislativo Nº 06/2015, que conferiu a Antônio Lisboa da Silva, o Título de Cidadão Belenense, o qual foi entregue pelo autor do decreto.

Edson Braz Ribeiro

Edson Braz Ribeiro nascido em 10 de julho de 1965 na cidade de São Paulo, filho de Braz Campos Ribeiro e Luiza Bárbara de Araújo Ribeiro, raiz indiscutível na sociedade belenense, já que Ana Isabel da Conceição e Pacífico Joaquim da Silva, o pastor Pacífico, foram seus avós paternos e maternos. Em seu sangue há reminiscências de Joaquim Ribeiro Torres.

O nascimento e educação na capital paulista foi um acidente de percurso que lhe proporcionou condições para um contato íntimo com a literatura e a vida acadêmica, se não alcançou uma formação tradicionalmente importante, jamais se absteve ao contato público e a busca pelo saber.

Em 1980, com apenas 15 anos de idade, foi selecionado pela equipe da Universidade Federal de Goiás para atuar como apresentador da rádio Difusora de Picos, época brilhante onde teve a oportunidade de aprender jornalismo na prática com nomes como José Elpídio, Erivan Lima, Demostres Duarte, Sid Campos, Eraldo Santos e outros profissionais relevantes no cenário. Cursou Teologia pelo Semin­­ário Wesleyano do Nordeste, em Fortaleza, por pouco, não tendo sido consagrado pastor pela igreja Metodista do Brasil.

Dono de ideias próprias e personalidade forte, sempre se considerou um educador. Contribuiu para a emancipação política de Alegrete do Piauí, integrante da equipe administrativa do Dr. Francisco, em Padre Marcos, professor de química, física e biologia na unidade escolar Cândida Macedo, em Padre Marcos, professor de ciências na Unidade Escolar Senecista Isabel Bramos e primeiro diretor, em Alegrete. Professor histórico da Unidade Escolar Alice Rocha, em São Julião. Professor de matemática e ciências do Ginásio Monte Sinai, em Belém do Piauí. Um dos fundadores e primeiro diretor do Centro Educacional Sebastião de Sousa. Atualmente coordenador do PNAIC em Belém do Piauí, já tendo ocupado a Secretaria de cultura.

O viés comunicativo sempre foi marcante em sua vida profissional, tendo atuado nas seguintes emissoras Grande serra AM (Araripina), Maravilha FM (Alegrete), CantaGalo AM (Jaicós), Boa Esperança AM, onde foi um dos fundadores, em Padre Marcos. Os principais palanques eleitorais da região o tiveram como animador. Conferencias, palestras e eventos fazem parte do seu dia a dia, sendo que o enfoque sustentável e ambientalista é uma constante em seu trabalho. Atuou também em várias prefeituras de municípios da região.

A vida lhe concedeu o privilégio de ter cinco filhos, Noemi Barbara, Edson Judá, Edson Israel, Edson Manassés e Edson Efraim. Sua fonte de inspiração atende pelo nome Dalila de Carvalho Gomes Ribeiro.

Aprendiz da vida é a sua melhor definição. “Non Ducor Duco” não sou conduzido, conduzo”. Edson Braz recebeu a honraria das mãos do deputado Severo Neto.

José Benedito Neto

José Benedito Neto nasceu na vizinha cidade de Padre Marcos do Piauí no dia 19 de fevereiro de 1973, criado no ceio de uma família evangélica e de costumes tradicionais, o homenageado é filho de Francisco Benedito da Silva e Júlia Lauderina da Silva (Em memória), casal que criou os filhos com muita dedicação, ensinando-lhes a importância das práticas religiosas para a formação do caráter e da moral.

Ele é o caçula de uma família de nove irmãos. É advogado e professor da rede estadual e municipal de ensino, bem como presidente do Conselho Municipal de Educação de Belém do Piauí. Teve a felicidade de se casar com a senhora Maria Auxiliadora Bento de Assis, também homenageada nessa noite. Pai de Kenedy Felipe Benedito e Silva e Karine Beatrice Benedito e Silva.

É graduado em Licenciatura Plena em Geografia pela Faculdade de Formação de professores de Araripina Pernambuco, em 1996, Bacharel em Direito pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina Pernambuco, no ano de 2013; Pós Graduado em geografia e meio Ambiente pela Universidade Regional do Cariri, com a monografia sobre “As espécies arbóreas indicadas para o Centro de Belém do Piauí”, no ano de 2005; Pós graduado em pedagogia escolar, com área de concentração em gestão escolar, pela Faculdade de Teologia de Hokemãh, Vitória do Mearim – MA; Pós graduado no novo Código de processo Civil pela Escola Superior de Advocacia, no ano de 2017; participante do novo Encontro  Regional dos Estudantes de Geografia do Nordeste, em Fortaleza Ceará, em 1994.

O vínculo do homenageado com o município de Belém do Piauí, se deu desde o ano de 1997, quando foi aprovado no concurso público e de lá para cá assumiu as seguintes funções: professor efetivo da rede municipal de educação (1997); de 2001 a 2002, professor de Ciências Humanas e suas tecnologias no Ensino médio; de 2004 a 2008, diretor da Unidade Escolar Municipal Monte Sinai; de 2005 a 2015, Secretário Executivo da Câmara Municipal; de 2009 a 2014 Supervisor das Escolas do Campo; em 2010 professor efetivo da rede estadual de educação; de 2011 a 2012 presidente do Conselho Municipal de Educação; de 2015 a 2016 presidente  do Conselho Municipal de Educação; 2017-2018, no mesmo cargo.

Em mais uma indicação do vereador Bernardino Geraldo de Carvalho, a Câmara concedeu a José Benedito Neto o Título de Cidadão Belenense.

Maria Wilma de Carvalho Reis Macedo

Maria Wilma de Carvalho Reis Macedo nasceu no dia 14 de fevereiro de 1951 em Simões Piauí, filha de Rufino Lopes dos Reis, primeiro prefeito eleito, e Diana carvalho dos Reis, Secretária da Prefeitura Municipal.

Maria Wilma foi alfabetizada sua cidade natal pela professora Jandira Carvalho, logo após, foi estudar o Ensino Fundamental em Araripina Pernambuco. Estudou por dois anos na cidade de Jaicós e depois voltou para a cidade de Araripina onde concluiu o Ensino Fundamental, em seguida foi estudar o Ensino Médio Científico no Colégio Diocesano em Crato- Ceará. Voltou a estudar em Araripina onde cursou magistério. Fez concurso no Piauí e foi classificada em 5º lugar.

Ensinou por dois anos em Simões, e em 1975 casou-se com Antônio Victor Bento de Macedo (Em memória), com o qual viveu 39 anos e seis meses, morando na cidade de Padre Marcos do Piauí, sendo fruto desse casamento a filha Clarissa Maria Reis Macedo. Foi diretora da Senec e também professora do estado na mesma cidade.

A senhora Maria Wilma cursou a graduação em Letras na Faculdade de Formação de Professores em Araripina-PE. Foi a primeira Secretária de educação em Padre Marcos e segunda Secretária Municipal de Educação em Simões.

Após aposentar-se como professora da educação estadual quis continuar sua missão de educar e após seis meses da emancipação política de Belém do Piauí ela submeteu-se ao concurso público sendo aprovada em primeiro lugar para ministrar aulas no Ginásio Monte Sinai.

Em Belém, ela desempenhou com afinco cargos de diretora e coordenadora do Ginásio Monte Sinai; foi coordenadora da Pré-escola da rede municipal; coordenadora da Unidade Escolar José de Moura leal e coordenadora das escolas da zona rural.

Sobre o município de Belém do Piauí, ela afirma “Amo esta cidade e amo o povo desta cidade, com ou sem título de cidadania, pois me considero filha e cidadã belenense. Por assim ser, se preciso for estarei sempre lutando pelo bem sócio, econômico e cultural desta terra amada”.

Através da resolução Nº 15/2013, indicação do ex-vereador e atual vice-prefeito de Belém do Piauí, Francisco Reis de Carvalho Bento, Maria Wilma tornou-se Cidadã Belenense.

Maria Auxiliadora Bento de Assis

Maria Auxiliadora Bento de Assis, natural de Araripina Pernambuco, nasceu no dia 9 de agosto de 1981, filha de José Bessa de Assis e Maria do Socorro Bento. É a filha mais nova de um total de 7 irmãos. Casada com o professor e advogado José Benedito Neto, mãe de Kenedy Felipe Benedito e Silva e Karine Beatrice Benedito e Silva.

Formada em Letras Português pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI), com especialização em Letras Português e arte e educação pela Universidade Regional do Cariri (URCA) e em Gestão Escolar pela Faculdade de Teologia de Hokemãh, Vitória do Mearim – MA.

Ela é professora estadual da educação desde o ano 2000 e atualmente dirigi o Centro Educacional Sebastião de Sousa, em Belém do Piauí. A professora trabalha no município desde o ano de 2001 e já assumiu as seguintes funções: Professora na Unidade Escolar Monte Sinai, professora do Ensino Médio (2001 a 2002).  Após a criação do Centro Educacional Sebastião de Sousa, em 2003, assumiu as disciplinas de Inglês e Português até o ano de 2004; No mesmo ano, assumiu a função de Secretária do Centro Educacional, ficando no cargo até 2006; em 2007 trabalhou como professora de Inglês no Ginásio Monte Sinai; em 2008 a professora assumiu o cargo de coordenadora pedagógica, no qual permaneceu até o ano de 2011; em 2012 foi nomeada supervisora de ensino do Estado e em 2013, tornou-se diretora do Centro Educacional Sebastião de Sousa; participou da eleição, sendo eleita com 82% para continuar como diretora (2014 a 2016); Neste ano de 2017 submeteu-se ao teste seletivo para gestores e foi aprovada com mais de 88%, alcançando o direito de dirigir a escola por mais 4 anos. Maria Auxiliadora foi eleita melhor diretora ano em pesquisa feita pelo Marcas vitoriosas.

O decreto legislativo Nº 04/ 2015, também de autoria do vereador Bernardino de Carvalho, garantiu o título á Maria Auxiliadora.

Raimundo Neiva Filho

Raimundo Neiva Filho nasceu em Itainópolis no dia 08 de março de 1955, filho de Raimundo Nonato Barbosa Neiva e Maria das Mercês Dantas Neiva. É médico clínico formado pela Universidade Federal de Recife-Pernambuco e passou a medicar em 1982 no Hospital Regional Justino Luz, na cidade de Picos-PI e no hospital local de Jaicós. Passou a atender o município de Belém do Piauí 6 meses após a emancipação política, portanto, já presta serviços na cidade a 21 anos e 6 meses.

Foi vereador por vários mandatos e presidente da Câmara Municipal de Jaicós e Secretário Municipal de Saúde.

A entrega da honraria ao Dr. Raimundo Neiva, é uma proposição do prefeito municipal Ademar Aluísio de Carvalho, que na época era vereador do município, de acordo com a resolução Nº 002/1999.

Fotos:

sobre o autor

Josely Carvalho
Josely Carvalho 12665 posts

Jornalista e Relações Públicas, formada pela Universidade Estadual do Piauí.

POSTS RELACIONADOS

Francisco Macêdo

FRANCISCO MACEDO | Gestão de Nonato Alencar promove Dia de Lazer em homenagem ao Servidor Público

Em comemoração ao Dia do Servidor Público, que se comemora anualmente no dia 28 de outubro, a Prefeitura Municipal de Francisco Macedo, realizou nesta segunda – feira, dia 29, um

DESTAQUES

Prefeito de Belém do Piauí anuncia pacote de obras de R$ 6 milhões

O ano de 2020, para o município de Belém do Piauí, não será marcado apenas pela luta contra a pandemia do novo coronavírus, mas, pela realização de obras que irão

DESTAQUES

Maioria do STJ reduz pena de Lula e ex-presidente pode deixar cadeia ainda este ano

São Paulo — Por unanimidade, os ministros do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decidiram nesta terça-feira (23) reduzir a pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para 8 anos 10 meses