Modelo que tatuou Jair Bolsonaro não vai desfilar no Carnaval por medo
Publicado por: Cleilson Silva Almeida | Data: 23/02/19

Modelo que tatuou Jair Bolsonaro não vai desfilar no Carnaval por medo

A modelo Erika Canela não vai desfilar na passarela do samba em São Paulo por causa da tatuagem, no qual aparece Jair Bolsonaro fazendo gestos de armas com as mãos. As informações são do Entre Pop.

Segundo informações, a recomendação veio por meio do vice-presidente da Unidos da Vila Maria, Valeter Belo, para evitar polêmicas com o nome da escola e as críticas que a Miss Bumbum 2016 vem recebendo nas redes sociais.

Ao Yahoo, ela alega que chorou muito e ficou bastante chateada, e que entende a posição da escola.

Segundo ela, o que pesou na decisão da escola foi a intolerância das pessoas.

Canela revelou que está recebendo muitas críticas por causa da tatuagem que aparece o presidente da República Federativa do Brasil. Ele diz também ter uma do Donald Trump.

“Não quero apagar, fiz porquê gostei e não faz sentido apagar”, disse a modelo, que ainda acredita que no próximo as pessoas estarão mais tolerante e acostumado com Bolsonaro, e aí volta à passarela.

Fonte: 180 graus


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficia

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Viúva de Gugu ganha direito de receber pensão de R$ 100 mil por mês

Rose Miriam, viúva de Gugu Liberato, morto em novembro do ano passado, ganhou o direito de receber uma pensão de 100 mil reais por mês após determinação da justiça. A decisão

GERAL

Pelo Twitter, Weintraub responde a pedidos de correção em nota do Enem

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou sua conta no Twitter para responder diretamente a usuários da rede social sobre possíveis erros de correção nas provas no Exame Nacional do Ensino

ENTRETENIMENTO

‘Criança Esperança’ será no Projac e terá mobilização de programas da Globo

As novidades do especial do ‘Criança Esperança’, que vai ao ar na noite do dia 15 de agosto, logo após a novela das nove, foram apresentadas pelo diretor-geral Rafael Dragaud.