UAB realiza I Seminário de História em Jaicós e discute formação de professores e didática na docência
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 26/11/18

UAB realiza I Seminário de História em Jaicós e discute formação de professores e didática na docência

O tema Formação de professores e didática na docência” foi discuto por docentes e discentes durante a realização do I Seminário de História da Universidade Aberta do Brasil (UAB), polo do município de Jaicós, que aconteceu no último sábado (24), com abertura no auditório da Assistência Social, no Centro da cidade.

O evento teve o objetivo de fomentar discussões entre professores tutores (a distância e presencial), alunos do curso de História, profissionais da educação e demais áreas das ciências humanas para a questão: “Formação de professores e didática na docência”, temas que fazem parte do cotidiano do professor, propondo algo prático e próximo da realidade da educação básica com o intuito de oferecer aos futuros educadores possibilidades de reflexão e debate sobre sua formação e prática.

Em sua fala na abertura do evento o coordenador do Programa de Pós-Graduação em História do Brasil (PPGHB), Francisco de Assis de Sousa, falou sobre a qualidade do curso de história e a qualificação dos professores. “O curso de vocês é muito bem avaliado, com 4.21, sendo que o máximo é a nota 5. Vocês tem um curso de excelência, com professores extremamente qualificados, os professores formadores em sua grande maioria possuem doutorado e os tutores são professores bastante qualificados, pessoas muito dedicadas e comprometidas. Não temos reclamações de Jaicós, nem de professores, nem de alunos, devido à atuação de vocês, que é muito ativa. Aproveitem bastante, perseverem, realizem as atividades, estudem bastante e continuem no curso de vocês, que é muito qualificado” disse ele.

Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História do Brasil (PPGHB), Francisco de Assis de Sousa

O professor Dr. Gildásio Guedes Fernandes, diretor do Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD), disse que o intuito é ter um curso e alunos cada vez mais bem avaliados. “Temos que dominar Jaicós, Picos, Teresina e depois o Piauí e construirmos nós mesmos a nossa própria história. E é um prazer estarmos aqui, vocês são batalhadores, eu gosto dessa cidade e nós estamos aqui dizendo que queremos cumprir com nossa obrigação e queremos um curso bem avaliado pelo MEC, como já foi, obtendo quase a nota 5. E queremos vocês alunos com notas boas no ENADE. Enfim, parabéns pela iniciativa, parabéns aos professores e coordenadores” destacou.

Professor Dr. Gildásio Guedes Fernandes

A coordenadora do curso de História, Prof. Dr. Nilsângela Cardoso, falou da importância da Educação a Distância e parabenizou pela temática do evento. “É importante reconhecer a relevância da Educação a Distância sob o ponto de vista da formação e da educação de modo geral, pois hoje, por meio da Educação a Distância o curso superior chega a lugares que até então seria quase impossível ou impensável e para muitos fazer um curso superior seria algo muito distante. Gostaria também de parabenizar pela temática proposta para o evento, que no momento que nós estamos, é muito importante debater, afinal, trata-se de um curso de licenciatura, onde estamos formando professores e professores do curso de história que devem atuar não só do ponto de vista do conteúdo, mas também usar esse conteúdo para refletir e criticar a sociedade” disse.

A coordenadora do polo de Jaicós, Rosenilda Teixeira Leal, parabenizou a turma de história pelo evento. “Parabenizo o curso de História, fico feliz pela iniciativa. Parabéns ao nosso tutor Jociel, que é muito ativo, ex-aluno da instituição, fruto na nossa EAD e hoje está contribuindo de forma significativa. Só temos que agradecer a esse grupo de pessoas que buscam conhecimento e são capazes de transmitir o conhecimento adquirido” ressaltou.

Após os pronunciamentos, houve uma participação com o cordelista e palestrante Paulo Pereira, que declamou os cordéis “Adonias”, “Dar fim a própria vida não é a solução” e “O herói não é o político, é o professor, que dizia em alguns trechos “Professor precisa de respeito, de cuidado e atenção, boas condições de trabalho, de uma boa remuneração, precisa de parceria com o Estado e a família para promover a educação. Caso isso não aconteça, não iremos para frente. Teremos uma sociedade manipulável, inconsistente e a história será repetida pois teremos todos os dias um sete a um diferente. Eu não aplaudo falso herói Eu aplaudo o professor, Ele merece um salário, De médico ou jogador, Que seja um salário Justo, E se não for querer muito, Maior que o do Governador”.

Em seguida, aconteceu a palestra “Formação de professores na atualidade: desafios e possibilidades”, ministrada pelas professoras Maria dos Ramos de Brito – Mestra em Teologia e Carla Patrícia de Carvalho – Mestra em Física. Dinâmica e reflexiva, a palestra contou com a participação dos alunos, que levantaram pontos como a importância do domínio do conteúdo, interdisciplinaridade, ética, aliança entre teoria e prática e as dificuldades enfrentadas em sala de aula, como a violência e a realidade vivenciada por cada aluno no meio familiar e social.

A programação da manhã foi encerrada com a mesa redonda “Ensino de História hoje e o bem-estar/mal-estar docente, com as professoras Andreia Rodrigues de Andrade – Mestra em História, Gabriela Alves Monteiro – Mestra em História e Prof. Esp. Jociel de Lacerda Brito.

No período da tarde, de 14 às 16, foram realizados os minicursos: Suicídio: O que a escola pode fazer?; As Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) como ferramenta educativa; Gestão Democrática: a importância da participação da família nas ações da escola. E de 16 às 18: Bullying na escola; Combate às drogas na escola e Gravidez na adolescência; o que a escola pode fazer?, na sede da UAB.

Fotos:

sobre o autor

Josely Carvalho
Josely Carvalho 11477 posts

Jornalista e Relações Públicas, formada pela Universidade Estadual do Piauí.

POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Cursos profissionalizantes gratuitos chegam ao Piauí

Nos cinco primeiros meses do ano 20 bairros de Teresina foram beneficiados com mais de 30 cursos profissionalizantes ofertados gratuitamente pela Fundação Wall Ferraz (FWF). Os cursos nas áreas de

NOTÍCIA DESTAQUE 0 Comments

Duas mulheres morrem após colisão na saída de Teresina para o interior do Piauí

Duas pessoas morreram vítimas de um acidente na PI-130 que liga Teresina para Nazaria. De acordo com informações preliminares, as vítimas teriam colidido a motocicleta em que estavam num ônibus

NOTÍCIA DESTAQUE

Dois homicídios, um furto de R$ 300 mil e como superar a descrença no 5º BPM de Teresina

Várias discussões da atualidade discorrem sobre a preparação da Polícia Militar (PM) em todo o Brasil. A desmilitarização da instituição é a bandeira da vez num contexto de excessos cometidos