19º dia de ataques: Facções continuam ordenando ações criminosas no Ceará
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 21/01/19

19º dia de ataques: Facções continuam ordenando ações criminosas no Ceará

As organizações criminosas continuam ordenando ataques contra o Poder Público e a propriedade privada no Ceará, apesar da “dura” resposta dada pelo Estado nas ruas, no sistema penitenciário e nas leis. O afastamento dos principais líderes das facções, até o momento, não impediu que ‘soldados do crime’ colocassem a própria vida em risco para executar tiroteios, incêndios e explosões.

No 19º dia da série de ataques, ontem, três criminosos incendiaram um caminhão, dentro do galpão de uma empresa de coleta de lixo, no Eusébio; e outros dois homens armados atearam fogo em uma topic, no bairro Jangurussu, em Fortaleza, mas as chamas logo foram debeladas por populares. Com estas ocorrências, o número de ações criminosas chegou a 219.

19º dia de ataques: Facções continuam ordenando ações criminosas no Ceará

Em contrapartida, as Forças de Segurança já capturaram 400 suspeitos de envolvimento nos crimes. Prisões recentes mostram que as facções Comando Vermelho (CV) e Guardiões do Estado (GDE) insistem em confrontar o Estado e criminosos com papel de liderança ordenam os ‘soldados do crime’ a executarem as ações, conforme apurado pela reportagem.

Antônio Walison Martins Rocha, o ‘Gugu’, de 24 anos, preso na última quinta-feira (17) por suspeita de participação na explosão de uma ponte no bairro Bela Vista, na Capital, na noite anterior, reconheceu que é simpatizante do CV, apesar de negar a autoria do crime. No aparelho celular apreendido com ele, a Polícia localizou uma conversa, em uma rede social, entre o suspeito e outro homem sobre o uso de uma granada na ação criminosa.

Francisco Gervaldo Oliveira Celestino, o ‘Valdo’, 20, e Renan André de Oliveira, 19, presos também no dia 17, são suspeitos de participar de ao menos dois ataques em Fortaleza: contra uma estação de máquinas do Metrofor e contra um caminhão de coleta de lixo. As apurações policiais apontam que a dupla é simpatizante da GDE no bairro Parque Santa Rosa e as ordens para o grupo criminoso deste bairro partem de um detento apelidado de ‘Zé Galinha’.

Respostas

O Estado reage às investidas criminosas em três frentes (legislação, ruas e presídios) e conseguiu uma acentuada redução de crimes, durante a última semana. Com novas leis, o Governo promoveu o retorno de militares da Reserva Remunerada à Ativa e criou um sistema de recompensas em dinheiro para denunciantes de ações criminosas.

Nas ruas, mais de 800 homens de tropas federais e de outros estados estão no Ceará para enfrentar a onda violenta, e outros podem chegar. “A vinda de reforços da Força Nacional ou de outros estados vai depender do desenvolvimento, para os próximos dias, relacionado com a presença do crime organizado no território cearense e os ataques que podem cometer. A cada 12 horas, há uma avaliação do Governo e de todas as Forças de Segurança do Estado e é produzido um relatório interno, onde é feita uma análise do que aconteceu e do planejamento das próximas 12 horas. As decisões são tomadas em cima dessas informações”, revelou o secretário da Casa Civil, Élcio Batista, em entrevista ao Sistema Verdes Mares na última sexta-feira (18).

No sistema penitenciário, além de endurecer as regras, o Estado adotou a transferência de lideranças criminosas para presídios federais de segurança máxima. 39 chefes do Comando Vermelho e da GDE já foram recambiados. Conforme Élcio, se as autoridades julgarem necessário, mais detentos podem tomar o mesmo rumo. O Governo Federal disponibilizou 60 vagas no sistema penitenciário federal.

 

 

 

Fonte: Diário Nordeste

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Mulher tenta engolir droga durante abordagem policial em Valença do Piauí

Na noite deste sábado (16), um casal identificado como Leonardo Campelo Filipe da Silva e Márcia Eduarda da Conceição Silva, foram presos suspeitos de tráfico de drogas, na PI 120,

NOTÍCIA DESTAQUE

Bando fortemente armado explode caixas eletrônicos no Piauí

Bandidos fortemente armados explodiram dois caixas eletrônicos no Fórum Trabalhista de Teresina, localizado na Avenida Miguel Rosa, zona centro-sul de Teresina, na madrugada desta quarta-feira (01). O major Teixeira, capitão

POLÍCIA

Acusado de roubo é baleado durante abordagem da PM no Piauí

Um jovem identificado como Carlos Eduardo do Nascimento, de 18 anos, foi preso e dois adolescentes, de 16 e 15 anos, foram apreendidos nessa quinta-feira (03), por volta das 16h30,