Autoridades e moradores em audiência com representante da Agespisa, denunciam situação caótica no abastecimento de água em Vila Nova
Publicado por: Willians Sousa | Data: 08/11/19

Autoridades e moradores em audiência com representante da Agespisa, denunciam situação caótica no abastecimento de água em Vila Nova

A 15ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores em Vila Nova do Piauí, realizada nesta sexta-feria (08), foi palco de várias solicitações e reclamações direcionadas à AGESPISA (Águas e Esgotos do Piauí  S/A).

Os motivos de revolta, tanto da sociedade quando dos representantes do povo, os nove vereadores e o prefeito Edilson Brito são referentes a problemas como: irregularidades do abastecimento de água na cidade, desvio de água, cobranças indevidas nos talões com valores exorbitantes, entre outros. Foi ainda solicitado pelos representantes dos poderes executivo e legislativo vila-novense presentes na reunião, a implantação do escritório e o sistema de atendimento no município.

O diretor regional da empresa distribuidora de água, Francisco das Chagas, relatou que assumiu o cargo recentemente e questionou argumentando que o problema deve-se à existência de “gatos” o que significa desvios e ligações clandestinas que não são registradas pelo hidrômetro (contador de água). O mesmo exigiu no plenário da Câmara que os moradores apresentassem provas cabíveis.

Depois de ofícios, solicitações presenciais de moradores e da Prefeitura, encaminhadas à Agespisa para que os problemas fossem solucionados, o prefeito Edilson Brito, se irritou com  a colocação do diretor regional da Agespisa, e disse que, há pelo menos três anos, o problema vem atormentado os munícipes. “Já fomos até a Agespisa, explicamos a situação, já tivemos audiência pública e as contas de água continuam chegando mesmo tendo sido feito o desligamento. Como é que pode uma coisa dessas?”, questionou.

O gestor no uso da palavra afirmou ainda que prédios pertencentes ao Poder Público estão recebendo tarifas mesmo sem água e defendeu moradores vítimas do descaso da Agespisa que sofrem com valores exorbitantes nas tarifas.

“A Prefeitura está com o nome no CAUC  porque consta como devedor, sendo que já houve o desligamento nos locais. Tem moradores de baixa renda que recebem tarifas com valores exorbitantes que chegam a R$ 400, 00. Como é que um cidadão que recebe um bolsa família vai ter condições de pagar um talão desses, sendo que já foi até a Agespisa para tentar resolver e quando chega lá ficam passando a responsabilidade de um para o outro e nada se resolve. O consumidor dá viagem perdida e volta sem ter sido resolvido nada continuando a receber os talões”, relatou.

O prefeito, ainda no uso da palavra declarou que tem sido alvo de ferrenhas críticas pela população. O gestor solicitou um mutirão para atender os que estão sendo lesionados e caso não haja resolução será encaminhada uma representação para o Ministério Público do Piauí.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Adonelys Araújo, conduziu a sessão desta sexta-feira (08), e ressaltou que a luta por melhorias já é de muito tempo e, por conta dos problema recorrentes foi solicitado ao presidente da Agespisa, em Teresina, a construção do escritório com sistema de atendimento aos consumidores.

“Os vereadores Roberto Moura, Adelino Oliveira, Flávio Sousa e o pré-candidato a vereador Enéas Abreu estiveram em Teresina no dia 25 de setembro em reunião solicitando melhorias no abastecimento, e, lá, o presidente da Agespisa nos garantiu que até na segunda feira, 30 de setembro, seriam resolvidos os problemas da água e que o escritório local já estava em andamento para ser montado. No entanto, estamos com os mesmos problemas e nada foi resolvido”, declarou Adonelys.

Após as discussões apresentadas pelo prefeito Edilson Brito juntamente com o vice-prefeito Antônio Tiago e os vereadores: Flávio Sousa, Deijano Lima, Adelino Oliveira, Severo Sousa, Luíz Acelino, Adenilda Bento, Maria das Dores, Adonelys Araújo e Roberto Moura, foi solicitado uma reunião para a próxima quinta-feira (14), na sede da Agespisa, em Picos.


Matéria Relacionada: Em Teresina, vereadores de Vila Nova buscam soluções para abastecimento de água na Agespisa e participam de evento legislativo


sobre o autor

POSTS RELACIONADOS

Vila Nova do Piauí

Meninos da Vila vence Serra do Provisio na 3ª rodada do Campeonato de Futebol Amador de Vila Nova

Aconteceu nesta tarde de quinta-feira (02), o primeiro jogo da 3ª rodada do 18º Campeonato Amador de Futebol de Vila Nova do Piauí. Na disputa o time Meninos da Vila

NOTÍCIA DESTAQUE

Operação do Ibama resgata pássaros silvestres em feira livre no Piauí

Cerca de quarenta pássaros silvestres foram resgatados por gentes do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Ibama) em uma feira livre no Centro de Altos, a 42 km

NOTÍCIA DESTAQUE

Secretaria identifica presos que queimaram central em rebelião ; 18 estão foragidos

A Secretaria de Justiça informou na noite desta quinta-feira (4) que já identificou os presos envolvidos no incêndio da Central de Monitoramento da Colônia Agrícola Penal Major César. “Como a