PICOS | “Falta de informação gerou transtorno”, afirma coordenador do Detran sobre confusão
Publicado por: Jaqueline Figueredo | Data: 31/01/20

PICOS | “Falta de informação gerou transtorno”, afirma coordenador do Detran sobre confusão

O Cidadesnanet publicou, no início da manhã desta sexta-feira (31), uma matéria sobre uma briga no Detran de Picos, onde dois homens teriam agredido um terceiro por conta de divergências quanto à fila de espera.

Na matéria, um dos agressores havia “furado” a fila e o agredido reclamou, iniciando, assim, a confusão. Contudo, o coordenador do Ciretran de Picos, Glauber Curica, nega o ocorrido, explicando que houve apenas um desencontro de informações. Ele ainda salienta que nenhum de seus funcionários ocasionou ou se envolveu com a discussão, como tem sido espalhado nas redes sociais.

Matéria relacionada:  Homem é agredido após questionar jovem que “furou fila” no Detran de Picos; veja vídeos

“O que aconteceu foi uma desavença entre dois usuários que vieram requerer atendimento do Detran. Não houve envolvimento de funcionários do Detran, como também circula em grupos do WhatsApp. O que acarretou essa confusão toda foi simplesmente a falta de uma informação que, muitas vezes, as pessoas não têm conhecimento. Que informação seria essa? Um dos procedimentos que o Detran tem, que é a transferência de veículos, para ser realizada, a pessoa pega a senha para atendimento desse procedimento e tem direito à impressão do laudo, vistoria do veículo e a liberação da solicitação do documento. Só que esses atendimentos são feitos em locais diferentes. A impressão do laudo é feita no primeiro atendimento com a senha. Depois encaminha esse laudo e o veículo para o pátio, a fim de que seja feita a vistoria. E depois tem que retornar para receber a capa de solicitação da liberação do documento. Muitas vezes a pessoa não sabe disso e acha que a pessoa que voltou para buscar a liberação furou a fila e, com isso, acarreta problemas como o que tivemos ontem”, detalhou o coordenador.

Imagem: reprodução

Ele destacou que apenas os envolvidos na discussão participaram da briga e que nenhum funcionário se adentrou na confusão. “Essa desavença de informações que houve acabou gerando esse transtorno que foi às vias de fato, gerando esse incômodo dentro do Detran, e com informações invertidas de que os funcionários que ocasionaram isso, que estavam envolvidos, o que não aconteceu. A briga só envolveu duas pessoas que esperavam atendimento”.

Glauber Curica ressaltou que medidas de segurança estão sendo tomadas tanto para consumidores quanto para funcionários, a fim de que um novo constrangimento não se suceda.

“Hoje vai ser enviada a cópia do boletim de ocorrência feito por uma das partes e enviado para a Secretaria Estadual de Administração do Piauí para que ela tome a providência de contratação de seguranças para o local e até mesmo para o Ciac. Também estamos entrando em contato com o comandante do 4º BPM, por meio de ofício, para que envie uma guarda até enviarem os seguranças. Outra medida é que, ao início de casa expediente, eu converse com as pessoas e explique como funciona. É preciso orientar para que não haja essa falha, esse desencontro de informações que houve”, concluiu.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Governador confirma pedido de novo empréstimo de R$ 1,5 bilhão

O governador Wellington Dias (PT) confirmou que irá encaminhar à Assembleia Legislativa do Estado pedido de autorização para que o Estado possa contrair um novo empréstimo. Segundo ele, os recursos

DESTAQUES 0 Comments

Instituto divulga hoje (4) números de pesquisa eleitoral em Francisco Macedo

O Instituto Credibilidade pode divulgar a partir desta quinta-feira (4) os números de uma pesquisa de opinião pública eleitoral realizada no município de Francisco Macedo. A pesquisa foi registrada no

GERAL

Trabalhadores em Educação da Região de Picos aderem à greve

Os trabalhadores em educação na região de Picos decidiram aderir à greve da categoria prevista para o próximo dia 15 de fevereiro, data em que o governo anuncia o início