JAICÓS | Posto de combustíveis é assaltado e suspeito é preso pela polícia
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 01/11/16
Comments 0

JAICÓS | Posto de combustíveis é assaltado e suspeito é preso pela polícia

Uma ação rápida dos policiais militares da 3ª Companhia de PM de Jaicós resultou na prisão de um homem identificado como Adriano Gomes do Nascimento, de 25 anos.

Ele foi identificado como sendo o autor de um assalto a um posto de combustíveis Matheus, situado na Avenida Frutuoso Juscelino, uma das mais movimentadas da cidade.

O fato ocorreu às 19h24. Conforme as imagens das câmeras do sistema de segurança do posto, o assaltante chegou caminhando sozinho e, utilizando uma faca, ele abordou o frentista e praticou o assalto. A ação foi rápida e durou menos de 1 minuto. Após tomar o dinheiro, o assaltante saiu correndo, atravessou a Avenida e fugiu por um terreno de baixa luminosidade em frente ao posto.

A Polícia Militar foi acionada e horas depois conseguiu capturar o suspeito, Adriano Gomes do Nascimento, que foi localizado em um bar situado nas margens da BR 407. Ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, onde deverá ser autuado em flagrante.

Segundo a polícia, as imagens das câmeras foi fator essencial para identificar e prender o acusado. Com ele, foi encontrada uma quantia de R$ 88.

adriano-gomes-do-nascimento-2 adriano-gomes-do-nascimento-3 adriano-gomes-do-nascimento-1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Jaicós

Georgiano Neto solicita reforço na segurança pública e outros benefícios para Jaicós

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou na sessão ordinária de hoje (18), requerimento de autoria do deputado Georgiano Neto (PSD) para que o Governo do Estado envie uma viatura policial

DESTAQUES

TCU dá aval para privatização da Eletrobras do Piauí e de mais cinco empresas

O Tribunal de Contas da União (TCU) liberou nesta quarta-feira (30) a publicação do edital para a privatização das seis distribuidoras de energia elétrica da Eletrobras. Com o aval do

DESTAQUES

Ministro do STF afirma que gravação de Temer é legal

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou, ao autorizar a abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer, que a